quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Moto Club vai disputar a Copa do Nordeste Sub-20 2018


Após alguns meses sem poder ver o Papão do Norte em campo, a torcida poderá torcer pra equipe sub-20 do Moto Club na Copa do Nordeste da categoria. O Papãozinho participará pela segunda vez da competição. A equipe sub-20 do Moto Club participou no ano passado, ficando em 3º lugar no Grupo D, na 1ª Fase da competição. Vejam o resumo da campanha do Moto Club na Copa do Nordeste Sub-20 em 2017: https://motoclubsaoluis.blogspot.com/2017/12/moto-club-participou-pela-primeira-vez.html. A competição começou no último sábado, dia 13/10/2018, com a Fase Preliminar. Nessa fase, 4 equipes foram divididas em 2 grupos com apenas 1 jogo por grupo. No Grupo A, CRB Sub-20 venceu ASA Sub-20 por 1 a 0, classificando-se para 1ª Fase. No Grupo B, Sampaio Corrêa Sub-20 venceu ICASA Sub-20 nos pênaltis por 4 a 2, após empate em 1 a 1, no tempo normal. Sampaio Corrêa classificou-se pra 1ª Fase.

Moto Club está no Grupo F, na 1ª Fase da Copa do Nordeste Sub-20, juntamente com Ceará, River e Sampaio Corrêa. Papão do Norte vai estrear na competição no sábado (20/10/2018), às 15 horas, em Rosário (na Região Metropolitana de São Luís), que tem pouco mais de 42 mil habitantes. Fica aproximadamente a 75 Km de distância da Capital Maranhense. O Estádio Municipal Adelzírio Serejo, também conhecido como "Serejão", localiza-se no centro da cidade, na Avenida Vitorino Freire. O Estádio Municipal Adelzírio Serejo foi reformado no início desse ano. Além da reforma das arquibancadas, banheiros, vestiários, sala de visitas, bilheterias e ainda a substituição de todo o gramado, o Estádio ganhará uma academia, sala de imprensa, sala para juízes, lanchonete, banheiros e ainda iluminação especial de led que contribui para uma excelente visibilidade dos atletas e torcedores.

Além do Grupo F, há mais 3 Grupos na 1ª Fase da Copa do Nordeste Sub-20: Grupo C (Bahia, Vitória, CRB e Confiança), Grupo D (América-PE, Santa Cruz, ABC e CSA) e o Grupo E (Fortaleza, Botafogo-PB, Náutico e América-RN). Os times jogam entre si dentro dos quatro grupos em turno e returno, classificando-se apenas o primeiro colocado de cada grupo pra Semifinal da Copa do Nordeste Sub-20. Tanto as Semifinais como a Final serão disputados em jogo único em sede a ser definida. Em caso de empate, haverá cobrança de pênaltis. Vejam abaixo a relação dos jogos do Moto Club:

20/10/2018 - 15h00 - Estádio Serejão - Moto Club x River (PI)
03/11/2018 - Ceará x Moto Club*
10/11/2018 - Sampaio Corrêa x Moto Club*
17/11/2018 - Moto Club x Sampaio Corrêa*
24/11/2018 - Moto Club x Ceará*
1/12/2018 - River (PI) x Moto Club*

*os horários e locais dos jogos serão ainda definidos.

sábado, 15 de setembro de 2018

Festa e Inauguração da Loja Oficial do Moto Club de São Luís



Nesta sexta-feira (14/09/2018), às 17 horas, tivemos a abertura da nova Loja Oficial do Moto Club de São Luís, na Beira-Mar, no Centro de São Luís. No local, tivemos um bolo em comemoração aos 81 anos do Moto Club de São Luís. Ás 19 horas, no Fanzine Rock Bar, tivemos a festa comemorativa do aniversário do Papão do Norte e apresentação dos novos uniformes do clube, da marca Kanxa, que serão usados na temporada de 2019. A loja oficial do Moto Club também servirá como sede do sócio torcedor, onde os motenses poderão ter acesso a um pequeno museu das conquistas do clube e aderir aos planos de sócios.
Além do desfile dos novos uniformes do Moto Club, o torcedor motense assistiu ao show do Ytalo Bezerra e os Suburbanos, tributo a Bezerra da Silva. O presidente Natanael Júnior disse que essa iniciativa de abrir uma loja e ter a sede administrativa do clube no Centro da Capital aproximará mais o clube do torcedor motense. Tivemos uma presença grande do torcedor motense e do jogador Solano, que desfilou com alguns dos uniformes.

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Moto Club completou 81 anos de Mil Feitos Gloriosos



HISTÓRIA

No dia 13 de setembro, foi fundado na casa do Sr. César Alexandre Aboud, de nº 486, na Rua da Paz, Centro da Cidade de São Luís do Maranhão, o "Cicle Moto de São Luís". A agremiação tinha a finalidade de promover os esportes de duas rodas: o motociclismo e o ciclismo. A primeira diretoria era composta por Capitão José de Ribamar Campos (Presidente), Capitão Aluísio de Andrade Moura (Vice-Presidente), Raimundo Baima (1º Secretário), Nagib Moucherek (2º Secretário) e Antenor Monroe (Tesoureiro). Em 1939, é criado o Departamento de Futebol no Moto Club. No dia 17 de setembro, o Moto Club disputou sua primeira partida de futebol contra o Ateneu Teixeira Mendes, então campeão estudantil, e empatou em 1 a 1. Bibi marcou o primeiro gol motense. O time era composto por Wilson; Jaime e Adolfo; Pavão, Feliciano e Mozabá; Bibi, Elvitre, Leônidas, Ary e Bilau.


Em 1940, César Alexandre Aboud assume a presidência do Moto Club, cargo que somente deixará em 1953, após uma fase áurea do Moto Club na década de 40 e início da década de 50. O Moto Club filiou-se à Federação Maranhense de Desportos e participou pela primeira vez do Campeonato Maranhense, terminando na quinta colocação. Em outubro, com a ajuda do interventor do Estado do Maranhão, Dr. Paulo Martins de Souza Ramos, o Estádio de Santa Izabel, de propriedade do clube, teve condições de realizar partidas noturnas. Moto Club é o o único clube do Estado do Maranhão que teve um estádio de sua propriedade. O Rubro-Negro maranhense teve a primazia de disputar a primeira partida noturna na Cidade de São Luís. Em volta do Estádio foi construída uma pista para provas de motociclismo.





HEPTA-CAMPEÃO

Moto Club é o único clube que foi hepta-campeão maranhense entre 1944 e 1950 com um time formado por: Ruy; Chicão, Carapuça, Sandoval, Frazão e Valdemar; Galego, Mourão e Mozart; Pepê (Zuza) e Jesus. Jogaram ainda Valentim, Santiago e Ananias.





PRIMEIRA COMPETIÇÃO NACIONAL

Em 1960, o Moto Club disputou pela primeira vez uma competição oficial da Confederação Brasileira de Desportos (atualmente Confederação Brasileira de Futebol), denominada Taça Brasil, que reunia todos os campeões estaduais e classificava o campeão para a Taça Libertadores da América. Em dezembro de 2010, a CBF decidiu que a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa têm o mesmo valor que o Campeonato Brasileiro. Com a homologação da unificação dos títulos nacionais de 1959 a 1971, a estréia do Moto Club no Campeonato Brasileiro passou a ser este ano. A estréia foi no dia 28 de agosto, quando o Papão do Norte derrotou o Paysandu, em Belém, por 3 a 2. O Rubro-Negro maranhense perdeu para o Fortaleza na Final do Grupo Norte e terminou na 9ª colocação na Classificação Geral. O time-base do Moto era formado por Bacabal; Baezinho, Baé, Matuto e Esmagado; Gojoba, Laixinha, Alípio e Zezico; Nabor e Neto. O técnico era Henrique Santos.

"PAPÃO DO NORTE"

Em 1968, Moto Club sagrou-se tri-campeão maranhense, jogando com o seguinte time: Vila Nova; Neguinho, Alzimar, Almir da Guia e Corrêa; Gojoba e Ananias; Zezico, Amaury, Pelezinho e Raxa; João Bala e Santana. Nesse ano, o Moto Club ganhou o apelido de "Papão do Norte", pois venceu todos os campeões do Norte do País em suas excursões. O time motense já tinha o apelido de "Rubro-Negro da Fabril" em alusão ao nome do Parque Industrial de propriedade da família Aboud, que por muito tempo dirigiu o Moto Club. Na Taça Brasil (Campeonato Brasileiro), o Moto Club fez jus ao apelido e teve um bom desempenho. Foi derrotado pelo Bahia nas Semifinais da Zona Norte, terminando a competição na 8ª colocação na classificação geral (sua melhor posição no Campeonato Brasileiro).


CT PEREIRA DOS SANTOS

No dia 14 de setembro de 2003, o Centro de Treinamento do Moto Club de São Luís, denominado "Dr. José Pereira dos Santos" foi oficialmente inaugurado. O CT está situado na Rua Ubatuba nº 55, Ubatuba, São José de Ribamar-MA e conta com dois campos de futebol de medidas oficiais. O campo principal é utilizado pelo time principal e recebeu o nome de "Hamilton Sadias Campos", o maior artilheiro de todos os tempos do Moto Club de São Luís. O outro campo é utilizado pelas divisões de base do clube e recebeu o nome de "Baezinho". Além dos campos, o CT tem vestiário, rouparia, sala da presidência, sala de troféus, sala de imprensa, sala de reuniões e departamento médico.


SUBIDAS E DESCIDAS

Em 1990, O Papão do Norte disputou este ano pela primeira vez a Série B, que vigora até hoje como sendo a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro e terminou na oitava colocação. Em 1997, foi rebaixado para a Série C, após terminar na ante-penúltima colocação (23° lugar) na Série B do Campeonato Brasileiro. Em 8 jogos, venceu apenas 1. Moto Club é o primeiro clube maranhense a disputar a Série D (4ª Divisão) do Campeonato Brasileiro, em 2009, ficando na 23ª colocação. Nesse mesmo ano, foi rebaixado no Campeonato Maranhense. Em 2010, foi campeão da 2ª Divisão Maranhense. Em 2012, foi rebaixado novamente no Campeonato Maranhense. E no ano seguinte, foi campeão novamente da 2ª Divisão Maranhense. Em 2016, conquistou o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro após terminar em quarto lugar na Série D do Campeonato Brasileiro. Em 2017, Fez uma campanha ruim no Campeonato Brasileiro da Série C (3ª Divisão). Terminou em 17º lugar e foi rebaixado para a Série D do Campeonato Brasileiro (4ª Divisão).






TÍTULOS

Moto Club é o segundo maior vencedor de títulos maranhenses com 26 campeonatos maranhenses conquistados. É o único heptacampeão (1944 a 1950). O maior vencedor na primeira década do Século XXI (2000, 2001, 2004, 2006 e 2008). É o atual campeão maranhense (2018). Foi campeão duas vezes da Segunda Divisão Maranhense (2010 e 2013). Foi campeão do Torneio Campeão dos Campeões do Norte em 1948. Foi campeão da Copa Norte/Nordeste em 1947. E campeão da Taça Cdiade de São Luís seis vezes.



BASQUETE, HANDEBOL E FUTSAL

Além de praticar o futebol, com participação em todas as categorias (profissional, sub-20, sub-19, sub-17 e sub-15) o Moto Club disputa outras modalidades esportivas tais como: handebol, futebol de salão e basquete, tando na categoria masculina como na feminina. A equipe masculina de basquetebol coleciona vários títulos no Estado. É o atual campeão maranhense e recentemente conquistou a 2ª Copa Mearim, que reuniu equipes do Maranhão e do Piauí. Papão garantiu vaga na Fase Final da Copa do Nordeste. Moto Club também disputa torneios de basquete feminino, handebol masculino, handebol feminino, futebol de salão masculino e futebol de salão feminino.



DIA DO TORCEDOR DO MOTO CLUB DE SÃO LUÍS

No dia 21 de dezembro de 2015, foi oficialmente aprovado pela Assembléia Legislativa do Maranhão, o projeto de lei nº 279/2015, que visa instituir o Dia do torcedor do Moto Club de São Luís, a ser comemorado nos dias 13 de setembro. É o nosso Dia!

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Ruy Scarpino está de volta ao Moto Club


O técnico Ruy Scarpino está de volta ao Papão do Norte pra comandar o clube em 2019, visando a conquista do bi-campeonato maranhense e o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. Moto Club terá um calendário cheio no próximo ano com participação também na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil. Ruy Santos Scarpino é velho conhecido do Rubro Negro Maranhense, mas não é maranhense. Ele é capixaba (nasceu em Vitória) e tem 56 anos de idade.

Ruy Scarpino tem muita história no Moto Club, onde ele atuou como jogador. Ruy foi goleiro do Papão do Norte. Ele também atuou como goleiro na Ferroviária de Araraquara, Rio Branco-ES e Santa Cruz. Após encerrar sua carreira de goleiro, Ruy Scarpino passou a atuar como treinador de goleiros, auxiliar técnico, supervisor de futebol e gerente de futebol. Em 1999, assumiu como técnico do Moto Club, sua primeira experiência como treinador.

Ruy Scarpino deixou o Moto Club em 2000 e foi comandar o Ituano, de São Paulo. Na equipe do interior paulista, Ruy teve muito sucesso. Ele dirigiu o Ituano entre 2000 e 2003, conquistando o Campeonato Paulista de 2002, a Copa Paulista de 2002 e o Campeonato Brasileiro da Série C de 2003, quando conquistou seu primeiro acesso. Em 2002, também foi vice-campeão da Supercopa Paulista. Em 2003, foi vice-campeão da Copa Paulista.

Em 2004, teve sua segunda passagem pelo Moto Club, sagrando-se campeão maranhense daquele ano. No segundo semestre desse ano, dirigiu o Taquaritinga. Entre 2005 e 2007, dirigiu 6 equipes: Goiânia, Taquaritinga, Santo André, Rio Branco, Grêmio Barueri e Ituano. Em 2008, assumiu o comando do América de Natal, na Série B do Campeonato Brasileiro. Depois, dirigiu Noroeste, Linense, Ceará, São Bernardo, Ituano, Santo André, Red Bull Brasil, Catanduvense, Capivariano, São José-SP, Itapirense, União Barbarense, Atlético Sorocaba e Cuiabá.



No final do ano de 2015, Ruy Scarpino foi anunciado como o novo técnico do Moto Club pra temporada 2016. Ele tinha o desafio de vencer o Campeonato Maranhense, já que o Papão do Norte não era campeão maranhense desde 2008, um jejum de 8 anos. E não deu outra, Moto Club foi campeão maranhense de 2016. Nesse mesmo ano, Moto Club voltou a disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, que havia participado em duas oportunidades atrás (2009 e 2014), mas não tinha tido sucesso.

Em 2016, Moto Club conquistou o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro ao terminar em quarto lugar na Série D do Campeonato Brasileiro. Ruy Scarpino dirigiu o Papão do Norte nesta campanha. No ano seguinte, chegou a dirigir o Moto Club em 2 jogos do Campeonato Maranhense, no único jogo do Moto Club na Copa do Brasil (derrota pro São Paulo por 1 a 0) e na Copa do Nordeste, que o Moto Club foi eliminado ainda na 1ª Fase. Scarpino chegou a dirigir o Altos, do Piauí na mesma competição. Ruy Scarpino deixou o Moto Club após a derrota pro Fortaleza por 3 a 2, na Copa do Nordeste, no dia 12/02/2017.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Moto Club perdeu o 1º jogo das Quartas de Final do Campeonato Maranhense Sub-19


O Campeonato Maranhense Sub-19 começou no início do mês de junho. O campeão disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2019. 14 equipes disputaram a 1ª Fase e foram divididos em 2 grupos de 5 times e 1 grupo de 4 times. Os grupos A e B, formados por equipes da Ilha de São Luís tinha 5 equipes, classificando-se os três primeiros colocados pras Quartas de Final. O grupo C, formado por equipes do interior, tinha 4 times, classificando-se os dois primeiros pras Quartas de Final. Moto Club ficou no Grupo A, juntamente com Maranhão, América (São Luís), Santa Quitéria e XV de Novembro (São Luís).

Moto Club começou perdendo pro Santa Quitéria em casa, por 1 a 0. Ricardo marcou o gol aos 20 minutos do primeiro tempo. No segundo jogo, novamente no Paranã, Moto Club venceu América por 2 a 1. Elias e Rhuan fizeram os gols do Rubro-Negro Maranhense aos 9 e 11 minutos do primeiro tempo. Tomas descontou faltando um minuto pro final do jogo. No clássico "Maremoto", Moto Club perdeu pro Maranhão por 3 a 0. Os gols foram marcados por Pedro Vitor, Gustavo e Wanderson. No último jogo, Moto Club venceu XV de Novembro por W.O. (resultado foi 3 a 0 pro Moto). Com esta vitória, Moto Club terminou em 3º lugar no Grupo A e classificou-se para as Quartas de Final do Campeonato Maranhense.


CLASSIFICAÇÃO


QUARTAS DE FINAL


Moto Club enfrentou Marília Futebol Clube, de Imperatriz, que está jogando esse Campeonato em Açailândia. Marília terminou em 1º lugar no Grupo C e estava invicto com 4 vitórias e 2 empates. No jogo de ida, nesta quarta-feira (11/07/2018), Marília não tomou conhecimento do Moto Club e venceu por 3 a 0, no CT do Moto, em Paranã. O primeiro tempo foi equilirado, mas no segundo tempo, os visitantes dominaram o jogo. Rodolfo, Pedro e Lucas marcaram os gols do Marília no segundo tempo. O próximo confronto é no sábado e Moto Club precisa vencer por diferença de 4 gols pra se classificar pra Semifinal do Campeonato Maranhense Sub-19. Se ficou quase impossível uma classificação do Moto, devemos destacar que os jogadores da equipe sub-19 são muito jovens e serão utilizados também na categoria sub-17. O trabalho visa o futuro e Rubenilson é o treinador e Jânio, o diretor da base.



domingo, 24 de junho de 2018

Pré-Jogo: 24/06/2018 > Campeonato Brasileiro Série D > Moto Club x Imperatriz


Neste domingo (24/06/2018), às 17h00, Moto Club disputará o jogo de volta das Oitavas de Final da Série D do Campeonato Brasileiro de 2018, em casa. Papão do Norte enfrentará Imperatriz, no Estádio Castelão, em São Luís. No jogo de ida, Papão do Norte perdeu pro Cavalo de Aço por 2 a 1, em Imperatriz. Pela primeira vez, Moto Club enfrentou Imperatriz no Campeonato Brasileiro, no sábado passado. Moto Club enfrentou o Imperatriz na Final do Campeonato Maranhense deste ano e perdeu pro Cavalo de Aço por 2 a 1, em Imperatriz, também. Porém, em São Luís, no Castelão, Moto Club venceu Imperatriz por 3 a 0. Moto Club e Imperatriz é um confronto histórico e tradicional no futebol maranhense. Este será o 110º jogo entre o Papão do Norte e Cavalo de Aço. Moto Club tem ampla vantagem no confronto com 58 vitórias. Só a vitória interessa ao Rubro-Negro Maranhense. Uma vitória motense por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. O Papão do Norte só avança de forma direta se vencer por dois gols ou mais.


Histórico dos Confrontos

Jogos: 109
Vitórias do Moto Club: 58
Empates: 26
Vitórias do Imperatriz: 25
Gols do Moto Club: 173
Gols do Imperatriz: 105
Primeiro Jogo: 25/8/1974 - Amistoso - Moto Club 1x1 Imperatriz
Maior Goleada Aplicada pelo Moto Club: 25/6/1998 - Campeonato Maranhense - Moto Club 5x0 Imperatriz
Maior Goleada Sofrida pelo Moto Club: 10/9/2012 - Copa União - Imperatriz 5x1 Moto Club
Confrontos em Amistosos: 6 jogos (3 vitórias do Moto Club, 1 empate, 2 vitórias do Imperatriz, 6 gols do Moto Club, 4 gols do Imperatriz)
Primeiro Jogo: 25/8/1974 - Moto Club 1x1 Imperatriz
Último Jogo: 21/3/1993 - Imperatriz 2x0 Moto Club
Confrontos na Taça Cidade de São Luís: 6 jogos (2 vitórias do Moto Club, 1 empate, 3 vitórias do Imperatriz, 5 gols do Moto Club, 6 gols do Imperatriz)
Primeiro Jogo: 12/2/2006 - Moto Club 2x1 Imperatriz
Último Jogo: 5/4/2007 - Moto Club 0x0 Imperatriz
Confrontos na Copa União: 6 jogos (3 vitórias do Moto Club, 1 empate, 2 vitórias do Imperatriz, 10 gols do Moto Club, 9 gols do Imperatriz)
Primeiro Jogo: 18/3/2010 - Moto Club 1x1 Imperatriz
Último Jogo: 12/11/2012 - Moto Club 2x0 Imperatriz
Confrontos no Campeonato Brasileiro da Série C: 2 jogos (1 empate, 1 vitória do Imperatriz, 1 gol do Imperatriz)
Primeiro Jogo: 7/8/2005 - Imperatriz 1x0 Moto Club
Último Jogo: 28/8/2005 - Moto Club 0x0 Imperatriz
Confrontos no Campeonato Maranhense da Série A: 89 jogos (50 vitórias do Moto Club, 22 empates, 17 vitórias do Imperatriz, 152 gols do Moto Club, 85 gols do Imperatriz)
Primeiro Jogo: 26/9/1980 - Moto Club 4x0 Imperatriz
Último Jogo: 5/4/2018 - Moto Club 3x0 Imperatriz
Confronto no Campeonato Brasileiro Série D: 1 jogo (1 vitória do Imperatriz, 1 gol do Moto Club e 2 gols do Imperatriz)
Único Jogo: 16/06/2018 - Imperatriz 2x1 Moto Club


Arbitragem

O trio de arbitragem escalado para esta partida é todo do Paraná. O árbitro será Adriano Milczvski. Os assistentes serão Pedro Martinelli Christino e Jefferson Cleiton Piva da Silva. O quarto árbitro será o maranhense Jose Henrique de Azevedo Junior. O analista de campo é Juscelino Sousa Santos (MA). 


Time do Imperatriz

Imperatriz é a segunda cidade mais populosa do Maranhão com pouco mais de 253 873 habitantes há 626 km de São Luís. O Estádio Frei Epifânio D'Abadia tem capacidade pra 12 mil torcedores. Ao longo da história Impertriz se consolidou como uma grande força do futebol maranhense no interior, com dois títulos maranhenses conquistados (2005 e 2015). Imperatriz foi vice-campeão maranhense este ano, perdendo pro Moto Club na Final. Em termos de Campeonato Brasileiro, é a segunda participação do Cavalo de Aço na Série D. A primeira foi em 2015. Já participou da Série C 4 vezes (2002, 2003, 2006 e 2007). Também disputou a Copa do Brasil 3 vezes (2006, 2008 e 2016). Na 1ª Fase da Série D do Campeonato Brasileiro deste ano, terminou em segundo lugar no Grupo A6, atrás do América-RN. Imperatriz fez 9 pontos. Perdeu 1 jogo, empatou 3 e venceu 2. A única derrota na 1ª Fase foi pro América-RN, em Natal, por 2 a 1. A defesa do Cavalo de Aço foi bem, sofrendo apenas 2 gols. A equipe marcou 10 gols. Na 2ª Fase, enfrentou novamente o América-RN. Venceu a equipe potiguar por 1 a 0, em Imperatriz. No jogo de volta, perdeu por 2 a 1, em Natal. Nos pênaltis, Imperatriz venceu América-RN por 5 a 4. Imperatriz não tem desfalques pra este jogo. Junior Chicão volta de suspensão. Ele é o artilheiro do Imperatriz com sete gols. É um dos artilheiros da competição ao lado de Jaílson (Fluminense de Feira). Imperatriz já recebeu 19 cartões amarelos. Adauto foi o jogador mais advertido com cartão amarelo (4). Junior Chicão recebeu 3 cartões amarelos. Não teve nenhum jogador expulso. Provável time: Jean; Gabriel Paulino, André Penalva, Michael e Renan Luis; Cloves, Daniel Barros e Eloir; Kaká, Jefferson Kanu e Júnior Chicão.


Time do Moto Club

Moto Club foi campeão maranhense de 2018 e manteve a base da equipe campeã. Só perdeu os jogadores Jaílson, Bruno Menezes e Jackson Robinho. Foram contratados os meias Diego Batata (ex-São José), Luís Felipe (ex-Santa Quitéria), Jonas Piu Piu (ex-Cordino), o zagueiro Ramon, o volante Dener, o atacante Naôh e o meia Márcio Diogo (ex-River). O treinador Marcinho Guereiro deixou a equipe e foi pro Imperatriz. Luís Miguel de Oliveira é o novo técnico do Papão e fará sua estréia neste jogo. Moto Clube estreou com vitória em cima do ASSU por 1 a 0, no dia 22/4/2018. Ricardo Maranhão marcou um belíssimo gol. No dia 29/4/2018, Moto Club venceu Sparta por 1 a 0, com gol de Wanderson, de cabeça, no Estádio Nhozinho Santos. No dia 6/5/2018, voltou a vencer por 1 a 0 Altos, em São Luís, gol de Victor Salvador. No dia 13/5/2018, Moto Club empatou em 0 a 0 com Altos, no Piauí. No dia 20/05/2018, Moto Club perdeu a invencibilidade e perdeu por 3 a 2 pro Sparta (TO), em Araguaína. No último jogo da 1ª Fase, no dia 27/5/2018, Moto Club venceu ASSU por 1 a 0, no Estádio Castelão. No jogo de ida da 2ª Fase, no dia 3/6/2018, Moto Club venceu Fluminense de Feira por 2 a 0, no Estádio Alberto Oliveira (Jóia da Princesa). No jogo de volta (10/6/2018), Moto Club venceu por 3 a 1, no Estádio Castelão. No jogo de ida das Oitavas de Final(16/6/2018), Moto Club perdeu pro Imperatriz por 2 a 1. Se o Moto vencer por dois gols de diferença, avança pras Quartas de Final. Em caso de vitória por um gol de diferença, haverá disputa de pênaltis. Imperatriz joga pelo empate ou qualquer vitória. Moto Club está invicto em casa em 2018. Foram 9 jogos como mandante no ano, 8 vitórias, 1 empate, 21 gols marcados, 7 gols sofridos (4 jogos sem sofrer gols ) e 25 pontos ganhos. A última derrota em casa foi no dia 22/7/2017, pela Série C do Campeonato Brasileiro, para o Salgueiro.

Moto Club terminou a 1ª Fase do Campeonato Brasileiro da Série D em 1º lugar no Grupo A5 com aproveitamento de 72,2%, perdendo apenas 1 dos 6 jogos disputados. Moto Club tem uma média de 1,33 gols por jogo. A defesa sofreu em média 0,67 gol por jogo. Tem um aproveitamento de 70,37%. O treinador português Luís Miguel dirigiu a equipe durante 7 jogos (4 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 13 pontos, 1,86 pontos por jogo) e teve que enfrentar os problemas extra-campo do Moto. O único desfalque da equipe é o zagueiro Wanderson, que recebeu o terceiro cartão amarelo no último jogo e cumprirá suspensão neste jogo. O atacante Val Barreto deverá ser titular e Luís Miguel deverá escalar a equipe com 3 atacantes. Sandro Bacabal também poderá ganhar a posição de titular. Ramon, Diego Renan, Romério, Ricardo Maranhão, Wanderson e Victor Salvador são os artilheiros do time com 1 gol cada um. Diego Renan tem duas assistências. Moto recebeu 20 cartões amarelos. Rafael Santos e Wanderson são os jogadores com mais cartões amarelos (3). Papão do Norte teve 2 jogadores expulsos: Victor Salvador e Everlan.


Time Provável:



Classificação



terça-feira, 12 de junho de 2018

Relatório do Jogo: Campeonato Brasileiro Série D > Moto Club 3x1 Fluminense de Feira


O JOGO

Neste domingo (10/06/2018), à tarde, no Estádio Castelão, em São Luís, Moto Club venceu Fluminense de Feira de Santana por 3 a 1, pelo jogo de volta da 2ª Fase do Campeonato Brasileiro da Série D, vencendo no agregado por 5 a 1. Foi o quarto jogo em casa e a quarta vitória do Papão do Norte. A defesa do Moto Club sofreu seu primeiro gol em casa. Foram 6 gols marcados em casa. Com esta vitória, Papão do Norte avançou pras Oitavas de Final da Série D. Em relação ao time que enfrentou Flu de Feira no jogo de ida, o técnico Luís Miguel não fez nenhuma alteração. Manteve o mesmo time, utilizando o esquema 4-4-2.

Fluminense de Feira precisa da vitória de pelo menos por 2 gols de diferença e partiu pra cima do Moto. Aos 23 minutos, falta na entrada da área, Moreilândia bateu mal, pra fora. Quatro minutos depois, Eduardo arriscou um chute de longe e pegou mal na bola. Aos 36 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Rafhael bateu falta com força e Rodrigo Ramos defendeu em dois tempos. Dois minutos depois, após cobrança de lateral, Victor Salvador cabeceou pro gol e Everlan completou pro fundo das redes, abrindo o marcador. No último minuto dos acréscimos do primeiro tempo, Doda trocou passes com Márcio Diogo, que chutou em cima da zaga e a bola foi pra fora.

Logo no início do segundo tempo, aos 4 minutos, Chico Bala chutou cruzado e Andrey praticou a defesa. Poucos minutos depois, Rodrigo Ramos saiu do gol pra evitar o empate. Aos 16 minutos, após cobrança de escanteio, Betão, que havia acabado de entrar, colocou a mão na bola e foi marcado pênalti pro Flu de Feira. Aos 25 minutos, falta na entrada da área, Rafael Santos bateu forte e a bola foi pra fora. Aos 37 minutos, Val Barreto entrou em campo. Dois minutos depois, Chico Bala, o "Mito", cruzou na área e Val Barreto escorou de pé direito, desempatando o jogo. Aos 47 minutos, Ricardo Maranhão puxou o contra-ataque pela direita e tentou passar para Val  Barreto, mas o Rodolfo Potiguar cortou, mas não conseguiu dominar a bola. Ricardo Maranhão aproveitou a sobra e mandou pro fundo das redes. Tivemos um público decepcionante no Castelão: 4.970 (4.307 pagantes) e uma Renda de R$ 75.420,00. Papão do Norte avançou pras Oitavas de Final com a vitória no agregado por 5 a 1.


PRÓXIMO JOGO



Moto Club vai fazer o clássico maranhense contra o Imperatriz nas Oitavas de Final. O jogo de ida da 2ª Fase do Campeonato Brasileiro da Série D será no sábado (16/06/2018), às 19h30, no Estádio Frei Epifânio D'Abadia, em Imperatriz. O jogo de volta será no dia 24/06/2018, às 16h00, no Estádio Castelão. 



RELATÓRIO

Segunda Fase (Jogo de volta) - domingo, 10/06/2018 - 16:00 - Castelão (São Luís)
Moto Club - Fluminense de Feira   3:1 (1:0)
Moto Club: 1 Rodrigo Ramos - 2 Diego Renan, 4 Wanderson, 3 Ramon, 6 Chico Bala - 9 Victor Salvador, 5 Rafael Santos - 8 Doda, 7 Márcio Diogo, 10 Everlan - 11 Ricardo Maranhão; Treinador: Luís Miguel Gouveia de Oliveira
Entra: 15 Betão, 16 Sandro Bacabal, 19 Val Barreto
Reservas não utilizados: 12 Mateus, 17 Diego, 21 Jadelson Azul, 20 Naôh, 18 Shailison
Fluminense de Feira: 1 Andrey - 2 Diego Aragão (57. 14 Edson), 3 Rafhael (68. 16 Delsinho), 4 Eduardo Junho, 6 Raldinei - 7 Ramires, 8 Morelândia, 5 Rodolfo Potiguar - 10 Jailson - 11 Maranhão (46. 18 Bambam), 9 Ermínio; Treinador: Evandro Guimarães
Reservas não utilizados: 12 Nunes, 15 Roger, 17 Levi, 13 Marcelo Moreira
Gols: 1:0 Everlan (pequena área (pd), 38. / Victor Salvador); 1:1 Jailson (Penalidade Máxima (mão), 52.); 2:1 Val Barreto (dentro da área (pd), 84. / Chico Bala); 3:1 Ricardo Maranhão (pequena área (pe), 90+2.)
Árbitros: Murilo Francisco Misson Junior (MG) - Assistentes: Douglas Almeida Costa (MG), Augusto Magno de Ramos (MG) 4º Árbitro: Ranilton Oliveira de Sousa (MA)
Analista de Campo: Juscelino Sousa Santos (MA)
Espectadores: 4970 
Cartão Amarelo: Jadelson Azul (38., Entrar em campo sem permissão), Doda (41., Infringir persistentemente a regra do jogo), Betão (61., Falta), Rodrigo Ramos (77., Retardar o Reinício do Jogo) / Raldinei (68., Falta), Morelândia (90+1., Reclamação)

domingo, 10 de junho de 2018

Pré-Jogo: 10/06/2018 > Campeonato Brasileiro Série D > Moto Club x Fluminense de Feira


Neste domingo (10/06/2018), às 16h00, Moto Club disputará o jogo de volta da 2ª Fase da Série D do Campeonato Brasileiro de 2018, em casa. Papão do Norte enfrentará Fluminense de Feira (BA), no Estádio Castelão, em São Luís. Moto Club e Fluminense de Feira se enfrentam pela segunda vez. No jogo de ida, Papão do Norte venceu Flu de Feira por 2 a 0, em Feira de Santana. Moto Club já enfrentou outros clubes baianos. Moto Club enfrentou o Bahia em sete oportunidades. O primeiro confronto foi no amistoso em 21/1/1951, que o Papão venceu por 4 a 2. Enfrentou no Campeonato Brasileiro de 1973, quando empatou em 0 a 0. Também enfrentou em 2 jogos pela Taça Brasil em 1969, perdendo os dois jogos por 5 a 0 e 1 a 0. Na Copa do Nordeste do ano passado, também enfrentou o Bahia duas vezes. No dia 4/2/2017, Moto perdeu por 2 a 0 pro Bahia, fora de casa. Em São Luís, no dia 12/3/2017, Moto foi goleado por 4 a 0.  No dia 26/4/1974, Moto Club enfrentou Vitória (BA) pela primeira vez e empatou em 1 a 1. No último confronto contra o Vitória (BA), Moto Club perdeu por 1 a 0, em casa, no dia 25/1/2015, pela Supercopa do Maranhão. Enfrentou o Juazeirense nas Oitavas de Final do Campeonato Brasileiro da Série D em 2016. No jogo de ida, no dia 14/08/2016, Moto Club venceu Juazeirense por 3 a 1, em São Luís. No jogo de volta, no dia 21/08/2016, Moto Club perdeu por 1 a 0, em Juazeiro.


Arbitragem

O trio de arbitragem escalado para esta partida é todo de Minas Gerais. O árbitro será Murilo Francisco Misson Junior. Os assistentes serão Douglas Almeida Costa e Augusto Magno de Ramos. O quarto árbitro será o maranhense Ranilton Oliveira de Sousa. O analista de campo é Juscelino Sousa Santos (MA). 


Time do Fluminense de Feira

Feria de Santana é a segunda cidade mais populosa da Bahia com pouco mais de 627 mil habitantes há 108 km de Salvador. O Estádio Jóia da Princesa tem capacidade pra 16 mil torcedores. Ao longo da história o Flu de Feira se consolidou como a terceira força do futebol baiano, atrás somente da dupla Ba-Vi. Mas nos últimos anos, o Touro ganhou a concorrência de times emergentes, como Vitória da Conquista e Juazeirense, além de um rival local, o Bahia de Feira. Flu de Feira terminou em 5º lugar no Campeonato Baiano em 2018, não conseguindo a vaga pra Semifinal do Campeonato Estadual. O Touro do Sertão foi fundado em 1941. Evandro Guimarães é o técnico do Fluminense de Feira. Foi muito bem na 1ª Fase da Série D do Campeonato Brasileiro, apesar de ter ficado em segundo lugar no Grupo A8, atrás do Campinense. O Flu de Feira fez 13 pontos (mais do que 12 líderes de grupo) e ainda tem o melhor ataque da Série D com 18 gols marcados em seis jogos. Flu de Feira perdeu a invencibilidade pro Papão do Norte (No total, 7 jogos, 4 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 18 gols marcados e 5 gols sofridos). Sua última derrota foi pro Moto Club no dia 03/06/2018, quando perdeu em casa por 2 a 0. Jaílson, com seis gols, é um dos artilheiros da competição e o principal jogador do time baiano. Jailson foi destaque do Moto Club no Campeonato Maranhense deste ano e enfrentará novamente seu ex-clube. Flu de Feira já recebeu 12 cartões amarelos. Rodolfo Potiguar foi o jogador mais advertido com cartão amarelo (4). Também teve 3 cartões vermelhos: 2 de Rodolfo Potiguar e 1 de Ranieri. Provável time: Andrei; João Carlos, Ranieri, Eduardo e Marcelo; Rodolfo, Diego Aragão, Moreilândia e Jaílson; Hermínio e Levi.


Time do Moto Club

Moto Club foi campeão maranhense de 2018 e manteve a base da equipe campeã. Só perdeu os jogadores Jaílson, Bruno Menezes e Jackson Robinho. Foram contratados os meias Diego Batata (ex-São José), Luís Felipe (ex-Santa Quitéria), Jonas Piu Piu (ex-Cordino), o zagueiro Ramon, o volante Dener, o atacante Naôh e o meia Márcio Diogo (ex-River). O treinador Marcinho Guereiro deixou a equipe e foi pro Imperatriz. Luís Miguel de Oliveira é o novo técnico do Papão e fará sua estréia neste jogo. Moto Clube estreou com vitória em cima do ASSU por 1 a 0, no dia 22/4/2018. Ricardo Maranhão marcou um belíssimo gol. No dia 29/4/2018, Moto Club venceu Sparta por 1 a 0, com gol de Wanderson, de cabeça, no Estádio Nhozinho Santos. No dia 6/5/2018, voltou a vencer por 1 a 0 Altos, em São Luís, gol de Victor Salvador. No dia 13/5/2018, Moto Club empatou em 0 a 0 com Altos, no Piauí. No dia 20/05/2018, Moto Club perdeu a invencibilidade e perdeu por 3 a 2 pro Sparta (TO), em Araguaína. No último jogo da 1ª Fase, no dia 27/5/2018, Moto Club venceu ASSU por 1 a 0, no Estádio Castelão. No jogo de ida da 2ª Fase, no dia 3/6/2018, Moto Club venceu Fluminense de Feira por 2 a 0, no Estádio Alberto Oliveira (Jóia da Princesa), conquistando uma importante vantagem. Papão do Norte pode perder por diferença de um gol que avança pras Oitavas de Final. Se perder por dois gols de diferença, haverá disputa de pênaltis. Moto Club está invicto em casa na Série D e em 2018. Foram 8 jogos como mandante no ano, 7 vitórias e 1 empate. A última derrota em casa foi no dia 22/7/2017, pela Série C do Campeonato Brasileiro, para o Salgueiro.

Moto Club terminou a 1ª Fase do Campeonato Brasileiro da Série D em 1º lugar no Grupo A5 com aproveitamento de 72,2%, perdendo apenas 1 dos 6 jogos disputados. Moto Club tem uma média de 1,14 gols por jogo. A defesa sofreu em média 0,43 gol por jogo. Tem um aproveitamento de 76,19%. O treinador português Luís Miguel dirigiu a equipe durante 4 jogos e teve que enfrentar os problemas extra-campo do Moto. O único desfalque da equipe é o volante Romério, que sentiu o tornozelo e está fora do jogo. O atacante Val Barreto foi relacionado pro jogo. Ele ficou em São Luís no jogo de ida e já está recuperado. O zagueiro Betão, que sofreu um estiramento na coxa, se recuperou, mas deverá ficar no banco de reservas. Luís Miguel deverá repetir a  mesma escalação do jogo de ida, no esquema 4-4-2. O lateral Rayro, que foi anunciado como nova contratação. foi regularizado nesta sexta-feira (08/06/2018), com a publicação de seu contrato no BID. Foram relacionados pro jogo os goleiros Rodrigo Ramos e Matheus; os laterais Diego Renan, Chico Bala, Pedro Junior e Rayro; os zagueiros Ramon, Wanderson, Betão e Wesley; os volantes Rafael Santos, Victor Salvador, Doda, Sandro e Batata; os meias Márcio Diogo, Everlan, Ricardo Maranhão e Luís Felipe; e os atacantes Val Barreto, Naôh, Jadelson Azul e Shailison. Ramon, Diego Renan, Romério, Ricardo Maranhão, Wanderson e Victor Salvador são os artilheiros do time com 1 gol cada um. Diego Renan tem duas assistências. Moto recebeu 16 cartões amarelos. Rafael Santos é jogador com mais cartões amarelos (3). Papão do Norte teve 2 jogadores expulsos: Victor Salvador e Everlan.


Time Provável:



Classificação


segunda-feira, 4 de junho de 2018

Relatório do Jogo: Campeonato Brasileiro Série D > Fluminense de Feira 0x2 Moto Club


O JOGO

Neste domingo (03/06/2018), à tarde, no Estádio Alberto Oliveira (Jóia da Princesa), em Feira de Santana, Moto Club venceu Feira de Santana por 2 a 0, pelo jogo de ida da 2ª Fase. Foi o quarto jogo fora de casa e a segunda vitória do Papão do Norte. A defesa do Moto Club ficou sem sofrer gols pela quinta vez nesta 1ª Fase e não sofreu gols em três jogos fora de casa, marcando 3 gols. Com esta vitória por 2 a 0, Papão do Norte deu um grande passo pra se classificar pras Oitavas de Final da Série D. Pode até perder por diferença de 1 gol, que avança. Em relação ao time que enfrentou ASSU, em São Luís, tivemos a volta de Wanderson no lugar de Wesley e de Rafael Santos, que cumpriu suspensão, e voltou no lugar de Romério. A grande surpresa foi a escalação de Victor Salvador, um meio-campista, no lugar de Val Barreto (contundido).

Fluminense de Feira fez uma boa campanha na 1ª Fase, mas isto não intimidou o Moto. O Fluminense de Feira começou o primeiro tempo tentando atacar e a primeira boa chance foi com Delsinho aos 21 minutos, após o cruzamento de Levi. O Moto respondeu com Ricardo Maranhão, que tentou aproveitar o cruzamento de Márcio Diogo, e chutou aos 24 minutos, mas parou no goleiro Andrei. Aos 43 minutos, Doda puxou o contra-ataque e tocou pra Márcio Diogo, que encontrou Chico Bala, dentro da área, após corta-luz de Everlan. Ele fuzilou de pé esquerdo pro gol, abrindo o marcador para o Moto. O Flu de Feira ainda tentou pressionar, mas não alcançou o empate antes do intervalo.

Logo no início do segundo tempo, aos 4 minutos, Everlan puxou mais um contra-ataque e tocou pra Márcio Diogo, um dos destaques do Moto. Ele chutou na saída do goleiro e ampliou o marcador pra 2 a 0. Flu de Feira respondeu com Bambam aos 8 minutos e Rodrigo Ramos fez grande defesa. Aos 28 minutos, o zagueiro Ranieri cometeu uma falta dura, impedindo uma chance clara e manifesta de gol do Moto Club. Ele foi expulso e o time baiano ficou com um jogador a menos. Como o Flu de Feira tinha já realizado as três substituições, a situação ficou complicada pros donos da casa. Aos 39 minutos, Rodrigo Ramos fez uma grande defesa após cabeçada de Maranhão. O árbitro ainda acrescentou 5 minutos no final do segundo tempo e o Papão do Norte conquistou uma excelente vitória fora de casa.


PRÓXIMO JOGO

Moto Club vai enfrenar o Fluminense de Feira de Santana (BA) no jogo de volta da 2ª Fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo será no domingo (10/06/2018), às 15h30, provavelmente no Estádio Castelão, em São Luís. Esperamos um bom público com a grande torcida rubro-negra apoiando o Papão do Norte.



RELATÓRIO

Segunda Fase (Jogos de Ida) - domingo, 03/06/2018 - 16:00 - Alberto Oliveira (Jóia da Princesa)
Fluminense de Feira - Moto Club   0:2 (0:1)
Fluminense de Feira: 1 Andrey - 2 João Carlos (54. 20 Maranhão), 4 Eduardo Junho, 3 Ranieri, 6 Roger (64. 15 Edson) - 8 Morelândia, 5 Diego Aragão - 7 Delsinho, 10 Jailson - 9 Ermínio (46. 19 Bambam), 11 Levi; Treinador: Evandro Guimarães
Reservas não utilizados: 12 Nunes, 13 Rafhael, 17 Raldinei, 16 Adrian, 21 Welton, 18 Alan, 14 Marcelo Moreira
Moto Club: 1 Rodrigo Ramos - 2 Diego Renan, 4 Wanderson, 3 Ramon, 6 Chico Bala - 9 Victor Salvador (77. 14 Sandro Bacabal), 5 Rafael Santos - 8 Doda, 7 Márcio Diogo (83. 18 Naôh), 10 Everlan (90+1. 17 Jadelson Azul) - 11 Ricardo Maranhão; Treinador: Luís Miguel Gouveia de Oliveira
Reservas não utilizados: 12 Solano, 13 Wesley, 15 Luís Felipe, 16 Shailison
Gols: 0:1 Chico Bala (dentro da área (pe), 43. / Márcio Diogo); 0:2 Márcio Diogo (dentro da área (pd), 49. / Everlan)
Árbitros: José Mendonça da Silva Junior (PR) - Assistentes: Daniel Cotrim de Carvalho (PR), João Fábio Machado Brischiliari (PR) 4º Árbitro: Reinaldo Silva de Santana (BA)
Analista de Campo: Kleber Moradillo da Silva (BA)
Cartão Amarelo: Levi (71., Reclamação) / Diego Renan (35., Infringir persistentemente a regra do jogo), Rodrigo Ramos (70., Retardar o Reinício do Jogo)
Cartão Vermelho: Ranieri (73., Falta Violenta) / -