quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Especial: Guia do Campeonato Maranhense Série A de 2018


Como fiz há alguns anos atrás, criei este Guia para apresentar as equipes que disputarão o Campeonato Maranhense da Série A (1ª Divisão) de 2018. O Regulamento foi modificado para este ano. 8 equipes disputarão a 1ª Divisão maranhense. O campeão e o vice-campeão maranhense terão uma vaga assegurada na Copa do Brasil de 2019. Na 1ª Fase, as equipes jogaram entre si no sistema só de ida, totalizando sete rodadas. Os quatro primeiros colocados classificam-se para a 2ª Fase (semifinal). Esta será disputada no sistema mata-mata em jogos de ida e volta, com os cruzamentos do 1º colocado x 4º colocado e 2º colocado x 3º colocado. Os dois primeiros colocados na 1ª Fase terão a vantagem de jogar em casa o jogo de volta nas Semifinais, assim como o de jogar pelo mesmo número de pontos e saldo de gols ao final dos confrontos. Não será usado como critério de desempate nos confrontos o "gol marcado fora de casa". Os vencedores dos confrontos disputam a 3ª Fase (final), também em dois jogos. A equipe com a maior pontuação geral (1ª e 2ª Fases), jogará como mandante o jogo de volta e terá a vantagem de jogar pelo mesmo número de pontos e saldo de gols ao término do confronto. O vencedor da 3ª Fase será declarado o campeão maranhense de 2018. O perdedor da 3ª Fase será declarado o vice-campeão maranhense de 2018. O campeão maranhense terá uma vaga assegurada na Série D do Campeonato Brasileiro de 2019. Caso o campeão maranhense dispute outra divisão do Campeonato Brasileiro (Séries A, B ou C), a vaga será do vice-campeão maranhense. Caso este também dispute outra divisão do Campeonato Brasileiro, a vaga será do terceiro colocado, e, assim, sucessivamente. O outra vaga maranhense na Série D do Campeonato Brasileiro será decidida em competição a ser disputada no 2º Semestre. O campeão maranhense de 2018 também terá vaga assegurada na Fase de Grupos da Copa do Nordeste de 2019. A segunda vaga (na Fase Preliminar) da Copa do Nordeste de 2019 será da equipe maranhense melhor posicionada no Ranking Nacional de Clubes da CBF. Caso a melhor equipe ranqueada seja o campeão maranhense de 2018, a vaga será da segunda equipe maranhense melhor ranqueada. O último colocado (8° colocado), somados os pontos de todas as fases do campeonato, será rebaixado para a Série B do Campeonato Maranhense de 2019.

Clubes Participantes:


Bacabal Esporte Clube




Cidade: Bacabal (103.020 habitantes (9ª maior cidade) e cerca de 250 km de distância de São Luís)
Data de Fundação: 14/5/1974
Presidente: Roberto Baresi
Técnico: Erasmo Forte
Apelido: Leão do Mearim
Cores: azul e branco
Principais Torcidas Organizadas: Torcida Fúria do Mearim e Torcida Organizada Força Jovem Beckiana
Estádio: Correão (Capacidade: 7.856)
Títulos: campeão maranhense em 1996 e da Taça Cidade de São Luís em 1991 e 2008
Colocação em 2017: não disputou
Bacabal foi campeão da Série B do Campeonato Maranhense de 2017 e volta a elite do futebol maranhense após 4 anos. Teve pouco tempo de preparação. O entrosamento da equipe ficará prejudicada nas primeiras semanas do campeonato. Marlon Cutrim comando a equipe na Segundinha Maranhense. Erasmo Forte é o novo técnico do Leão do Mearim. Manteve alguns jogadores como o goleiro Gustavo, o zagueiro Alef e o meia Elton. Chegaram o zagueiro Lucas, o volante Weverton e o atacante Denis Baiano. 
Time base: Gustavo; Romário, Lucão, Wesley e Tomaz; Telmo, China, Ewerton; Anderson, Wallyson e Naldo. 


Cordino Esporte Clube



Cidade: Barra do Corda (87.134 habitantes (11ª maior cidade) e cerca de 462 km de distância de São Luís)
Data de Fundação: 08/03/2010
Presidente: Bruno César
Técnico: Leandro Lago
Apelido: Onça
Cores: amarelo, verde e branco
Principal Torcida Organizada: Torcida Fúria da Onça
Estádio: Leandrão (Capacidade: 1.400)
Colocação em 2017: 2º (vice-campeão)
Cordino foi vice-campeão maranhense no ano passado e disputou a Fase Preliminar da Copa do Nordeste de 2018, sendo eliminado pelo Treze. A Onça teve que mandar seu jogo no Estádio Frei Epifânio D'Abadia porque o Estádio Leandrão não tinha condições de jogo. Foi mantida a base do time do ano passado. Houve mudança de técnico e Leandro Lago assumiu o comando da equipe. O artilheiro e comandante da equipe em 2017, Ulisses, permanece no Cordino. Foram contratados o goleiro Alberto e o atacante Jonas Piu Piu.
Time base: Alberto; Michel, Da Silva, Emerson e Renan; Júnior Negão, Gualberto, Alisson e Kelson; Radija e Ulisses.



Sociedade Imperatriz de Desportos



Cidade: Imperatriz (253.873 habitantes (2ª maior cidade) e cerca de 530 km distância de São Luís)
Data de Fundação: 04/01/1962
Presidente: Adauto Carvalho
Técnico: Paulinho Kobayashi
Apelido: Cavalo de Aço
Cores: vermelho e branco
Principais Torcidas Organizadas: Torcida Organizada Império Vermelho, Fúria Colorada e Força Jovem Cavalina 
Estádio: Frei Epifânio D'Abadia (Capacidade: 12.000)
Títulos: campeão maranhense de 2005 e 2015
Colocação em 2017: 
Cavalo de Aço chegou à Final do 1º Turno do Campeonato Maranhense no ano passado e conseguiu a vaga no Campeonato Brasileiro da Série D deste ano. O goleiro Jean voltou ao clube. Jefferson Abreu, ex-jogador do Moto, foi contratado pelo Cavalo de Aço. Rubens continua no time e Junior Chicão retorna ao clube. Imperatriz está se preparando com antecedência e fez alguns amistosos de pré-temporada.
Time Base: Jean; Léo, Maycon, Tiago e Jefferson Abreu; Balão Marabá, Daniel Barros e Rubens; Manu, Kaká e Junior Chicão.


Maranhão Atlético Clube



Cidade: São Luís (1.091.868 habitantes)
Data de Fundação: 24/09/1932
Presidente: William Rio Branco
Técnico: Meinha
Apelidos: Macão Machão da Ilha, Bode Gregório e Quadricolor
Cores: azul, vermelho, preto e branco
Principal Torcida Organizada: Torcida Organizada Partido do Bode
Estádios: Castelão (Capacidade: 40.149) e Nhozinho Santos (Capacidade: 11.429)
Títulos: campeão maranhense (14 vezes, a última em 2013), campeão da Taça Cidade de São Luís (8 vezes) e campeão maranhense da Série B (2015).
Colocação em 2017:
Não foi bem no campeonato maranhense no ano passado, sendo eliminado na semifinal do 1º Turno. Este ano disputará apenas o campeonato estadual. Contratou o técnico Meinha, velho conhecido da torcida, e reformulou todo o elenco. Meinha foi o técnico do MAC no título maranhense de 2007. Eloir continua na equipe e agora terá a companhia de dois ex-jogadores do Moto, Válber e Felipe Costa. O atacante Cris, com passagens pelo Imperatriz e Bacabal, é o novo reforço do MAC. No amistoso com o Moto, empatou em 1 a 1 com gol de Eloir.
Time Base: Fábio; Lesson, Anderson Alagoano, Lucas e Luís Fernando, Sandro Bacabal, Eloir, Curuca; Felipe Costa, Valber e Cris.


Moto Club de São Luís


Cidade: São Luís (1.091.868 habitantes)
Data de Fundação: 13/9/1937
Presidente: Célio Sérgio
Técnico: Marcinho Guerreiro
Apelido: Papão do Norte
Cores: vermelho e preto
Principais Torcidas Organizadas: Torcida Uniformizada Motofolia, Os Dragões da Fiel, Torcida Alcoolizada Motochopp e Motobangers
Estádios: Castelão (Capacidade: 40.149) e Nhozinho Santos (Capacidade: 11.429)
Títulos: campeão maranhense da 1ª divisão (25 vezes, a última em 2016), da Série B (2ª divisão) em 2010 e 2013 e da Taça Cidade de São Luís em 1972, 1978, 1981, 1982, 1985, 1993, 2003 e 2004.
Colocação em 2017: 
Moto foi mal tanto no Campeonato Maranhense como na Copa Nordeste e na Série C do Campeonato Brasileiro (foi rebaixado) e precisa fazer uma boa campanha este ano para se recuperar. O técnico Marcinho Guerreiro foi mantido, mas o elenco foi quase todo reformulado, apenas Diego Renan e Wanderson permanecem entre os titulares. Tivemos a volta do goleiro Rodrigo Ramos e Jefferson Araújo e contratação de reforços como o zagueiro Betão, o lateral Guilherme e os meias André Mensalão e Jailson. No segundo semestre, disputará a Série D do Campeonato Brasileiro.
Time-Base: Rodrigo Ramos; Diego Renan, Betão, Wanderson e Guilherme; Rafael Santos, Bruno Menezes, André Mensalão e Jaílson; Ricardo Maranhão e Lucas Bacelar.


Sampaio Corrêa Futebol Clube



Cidade: São Luís (1.091.868 habitantes)
Data de Fundação: 25/3/1923
Presidente: Sérgio Frota
Técnico: Francisco Diá
Apelido: Bolívia Querida
Cores: amarelo, vermelho e verde
Principais Torcidas Organizadas: Tubarões da Fiel, Torcida Paixão Tricolor e Torcida Sampaio Roots
Estádios: Castelão (Capacidade: 40.149) e Nhozinho Santos (Capacidade: 11.429)
Títulos: campeão brasileiro da 2ª divisão em 1972, da Série C (3ª divisão) em 1997 e da Série D (4ª divisão em 2012, campeão maranhense da 1ª divisão (31 vezes, atual tri-campeão), da Taça Cidade de São Luís (7 vezes), da Copa União em 2011 e 2012.
Colocação em 2017: 1° (campeão)
Sampaio manteve o técnico Francisco Diá e a base do ano passado, quando conquistou o título maranhense e o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro. É o grande favorito para ser campeão maranhense pela quarta vez consecutiva. As novidades no time são o goleiro Andrey, o lateral Kaique, o zagueiro Joécio e o volante Yuri. Sampaio fez dois amistosos contra o River, em Teresina e São Luís, na pré-temporada.
Time-Base: Andrey; Junio Rocha, Maracás, Fredson (Joécio/Odair Lucas) e James (Kaique); César Sampaio, Yuri, Fernando Sobral e Marlon; Uillian e Wellington Rato.


Santa Quitéria Futebol Clube



Cidade: Santa Quitéria do Maranhão (29.172 habitantes e cerca de 350 km de distância de São Luís)
Data de Fundação: 16/4/2003
Presidente: Geraldo Amorim
Técnico: Marquinhos Fumê
Apelido: Raposa do Baixo Parnaíba
Cores: verde, amarelo, azul e branco
Estádio: Rodrigão (Capacidade: 13.500)
Títulos: campeão maranhense da Série B (2ª divisão) em 2005 e 2009
Colocação em 2017: 
A Raposa chegou à semifinal do 1º Turno, mas caiu muito no 2º Turno, no ano passado. A equipe enfrenta problemas financeiros. Fez sua pré-temporada em São Luís, enfrentando o Moto Club e perdendo por 3 a 0, em amistoso no início do ano. As principais contratações do time são o goleiro Laerte e o meia Kléo. Leomar e Edgar podem ainda reforçar a Raposa.
Time-Base: Laerte; Tiaguinho; Renato, Leomar e Carnerinho; Nikito, Rodrigo Corrêa, Kléo e Rodrigo; Alessandro e Toquinho.


São José de Ribamar Esporte Clube



Cidade: São José de Ribamar (176.008 habitantes (3ª maior cidade) e cerca de 32 km de distância de São Luís)
Data de Fundação: 14/6/2007
Presidente: Hugo Roberto de Medeiros Pinto
Técnico: Luís Miguel
Apelido: Peixe Pedra
Cores: azul, verde, amarelo e branco
Estádio: Dário Santos (Capacidade: 600)
Colocação em 2017: 
São José foi muito mal no 1º Turno do Campeonato Maranhense no ano passado. Chegou à semifinal do 2º Turno e conseguiu se livrar do rebaixamento. Foi a última equipe a iniciar a pré-temporada de preparação para o campeonato maranhense. Para formar o elenco, foram feitas peneiras. O experiente técnico Luís Miguel foi contratado pelo Peixe Pedra. Os experientes Tim Marcos, Jadão, Arcinho e Fabio Ricardo são os reforços. 
Time base: Valdemir; Bruno Bacabal, Alan Silva e Paulo Maranhão; Thê Thê, Jadão, Arcinho, Daniel, Mateus Moura e Batata; Diogo (Fábio Ricardo).


Jogos da 1ª Fase


Tabela da 1ª Fase



sábado, 13 de janeiro de 2018

Histórico do Confronto: Moto Club x Maranhão (Clássico "Maremoto")


O confronto entre Moto Club e Maranhão é conhecido como Clássico "Maremoto". Por coincidência, Maranhão Atlético Clube foi o primeiro adversário do Moto Club em seu primeiro jogo oficial. No dia 9 de abril de 1940, em jogo válido pelo Torneio Início do Campeonato Maranhense, Moto Club perdeu para o MAC, no Campo do Passeio, por 2 a 1. O gol motense foi marcado por Anderson. Os gols do MAC foram marcados por Driblador. Moto foi escalado assim: Ahu; Zezico e Pires Neves; Carrasco, 91 e Mozabá; Elvite, Cecílio, Jacaré, Bá e Aderson.
Um dos grandes jogos entre Moto Club e Maranhão foi a vitória do Papão do Norte por 3 a 1 no dia 5/6/1969, em um amistoso. Nesse jogo, MAC contou com a participação do lateral esquerdo Nilton Santos. Os gols do Moto foram marcados Pelezinho, Djalma e China. Ainda teve um jogo curioso que começou no dia 12/08/1950, válido pelo Torneio da Amizade. No Estádio Santo Izabel, o Maremoto decidia aquele torneio. Moto vencia por 3 a 2 e o jogo foi paralisado aos 28 minutos do segundo tempo por causa de uma confusão entre os jogadores rubro-negros e maqueanos. O árbitro anulou o gol do Maranhão e um dos torcedores lançou uma pedra para dentro de campo, que acabou atingindo um jogador motense. Os jogadores do Moto partiram para cima de um torcedor maqueano. Houve invasão de campo e quase um zagueiro do Moto foi linchado. A partida foi encerrada, mas teve seu complemento no dia 8/10/1950, quando foram jogados os 17 minutos finais e o Moto venceu a partida que começou no dia 12/08/1950 por 4 a 2. 

Total de Jogos: 563
Vitórias do Moto Club: 213
Empates: 180
Vitórias do Maranhão: 170
Gols do Moto Club: 897
Gols do Maranhão: 804

Maior Vitória do Moto Club: 13/6/1968 - Moto Club 8x1 Maranhão
Jogo com Mais Gols: 7/9/1943 - Moto Club 7x6 Maranhão
Maior Derrota do Moto Club: 30/4/1949 - Moto Club 3x8 Maranhão

Últimos Jogos:
13/1/2018 - Moto Club 1x1 Maranhão - Amistoso
18/3/2017 - Moto Club 1x2 Maranhão - Campeonato Maranhense
15/2/2017 - Moto Club 3x0 Maranhão - Campeonato Maranhense
24/4/2016 - Moto Club 2x1 Maranhão - Campeonato Maranhense
17/3/2016 - Moto Club 1x1 Maranhão - Campeonato Maranhense
13/3/2016 - Moto Club 2x0 Maranhão - Campeonato Maranhense
6/3/2014 - Moto Club 1x0 Maranhão - Campeonato Maranhense
13/10/2013 - Moto Club 3x1 Maranhão - Copa Cidade de São Luís
1/11/2012 - Moto Club 1x3 Maranhão - Copa União
20/8/2012 - Moto Club 2x2 Maranhão - Copa União
30/4/2012 - Moto Club 1x1 Maranhão - Campeonato Maranhense
26/2/2012 - Moto Club 3x4 Maranhão - Campeonato Maranhense
10/11/2011 - Moto Club 0x0 Maranhão - Copa União
11/9/2011 - Moto Club 1x1 Maranhão - Copa União
5/6/2011 - Moto Club 1x4 Maranhão - Campeonato Maranhense
28/3/2011 - Moto Club 2x2 Maranhão - Campeonato Maranhense
29/4/2010 - Moto Club 1x1 Maranhão - Copa União
28/2/2010 - Moto Club 4x1 Maranhão - Copa União

Relatório do Jogo: Amistoso > Maranhão 1x1 Moto Club


Neste sábado (13/1/2018), à tarde, no Estádio Nhozinho Santos, o clássico "Maremoto" terminou empatado em 1 a 1. Foi um jogo muito disputado, bem pegado e às vezes violento. Nem parecia um amistoso. Imperou a rivalidade entre Maranhão e Moto Club. O jogo foi um bom teste, mas tendo em vista o péssimo estado do gramado e a pegada do jogo, muitos jogadores saíram contundidos e o nível da partida não foi boa.

No primeiro tempo, Papão do Norte dominou o jogo e, merecidamente, saiu na frente no placar. O atacante Jefferson Araújo foi derrubado pelo goleiro Fabio, dentro da área,aos 13 minutos. O árbitro Mayron apontou para a marca do cal e marcou pênalti. O próprio Jefferson Araújo cobrou e converteu a penalidade máxima. Aos 27 minutos, primeira baixa no Rubro-Negro Maranhense. O lateral esquerdo Guilherme saiu contundido e foi substituído por Pedro Junior. Logo em seguida, o lateral do MAC, Luiz Fernando também saiu contundido.

No segundo tempo, também houveram muitas alterações na equipe e o Papão do Norte caiu de produção. A defesa manteve-se jogando bem e o volante Bruno Menezes fazia um bom trabalho de contenção. Num lance de bola parada, aos 20 minutos, MAC empatou o jogo. Curuca cobrou falta e Eloir desviou de cabeça para o fundo das redes. Aos 32 minutos, o zagueiro motense, Wanderson, foi expulso do jogo. Com um a menos, Moto caiu ainda mais de produção. O jogo terminou empatado. O próximo compromisso do Moto Club será no próximo sábado (20/1/2018), às 19h30, no Estádio Frei Epifânio D'Abadia, contra o Imperatriz, pelo Campeonato Maranhense.


Relatório de jogo

12. Rodada - sábado, 13/01/2018 - 15:30 - Nhozinho Santos
Maranhão - Moto Club   1:1 (0:1)
Maranhão: 1 Fábio - 2 Lesson (42. Patrick), 4 Lucas, 3 Anderson Alagoano (65. Juninho), 6 Luiz Fernando (28. Rômulo Ferreira) - 7 Curuca, 5 Sandro Bacabal - 10 Válber (55. Fabio Lopes), 8 Eloir - 11 Emerson (85. Edcarlos), 9 Cris (55. Andrezinho); Treinador: Edmilson Gomes da Silva (MEINHA)
Moto Club: 1 Rodrigo Ramos - 2 Diego Renan, 4 Wanderson, 3 Betão, 6 Guilherme (27. Pedro Junior, Silvio) - 8 Bruno Menezes, 5 Rafael Santos - 7 Jaílson (80. Wesley Rodrigues), 10 André Mensalão (69. Everlan) - 11 Ricardo Maranhão (73. Shailison), 9 Jefferson Araújo (69. Jackson Robinho); Treinador: Marcinho Guerreiro
Gols: 0:1 Jefferson Araújo (Penalidade Máxima (falta), 13.); 1:1 Eloir (gol de cabeça, 65. / Curuca)
Cartão Amarelo: Curuca (22., Falta), Lucas (30.), Lesson (35., Falta), Sandro Bacabal (61.) / Bruno Menezes (30., Chutou a bola para longe), Rodrigo Ramos (35.), Rafael Santos (48.)
Cartão Vermelho: - / Wanderson (77., Agredir o adversário)

Pré-Jogo: 13/01/2018 > Amistoso > Maranhão x Moto Club



Hoje (13/01/2018), às 15h30, no Estádio Nhozinho Santos, teremos o primeiro clássico maranhense do ano de 2018, o "Maremoto". Moto Club e Maranhão fazem um amistoso de preparação para o Campeonato Maranhense. Será um grande teste para os jogadores rubro-negros e quadricolores. O próximo "Maremoto" só ocorrerá em março, valendo pelo Campeonato Estadual. Os dois times terminaram o ano de forma decepcionante. Maranhão não conseguiu subir para a Série C do Campeonato Brasileiro e não conseguiu vaga para a Série D deste ano. Moto Club foi rebaixado da Série C para a Série D. No ano passado, foram dois confrontos e uma vitória para cada lado.


Arbitragem
Árbitro: Mayron Frederico dos Reis Novaes
Assistentes: Djavan Costa da Silva e Valderi Sousa Carvalho
4º Árbitro: Ana Érica Carvalho Nascimento


Na Rádio
O jogo vai ser transmitido pela Rádio Timbira Nova 1290 AM. Narração de Laércio Junior e reportagem de Daniel Amorim.


Histórico dos Confrontos
Jogos: 562
Vitórias do Moto Club: 213
Empates: 179
Vitórias do Maranhão: 170
Gols do Moto Club: 896
Gols do Maranhão: 803
Primeiro Jogo: 9/6/1940 - Torneio Início do Campeonato Maranhense - Maranhão 2x1 Moto Club (primeiro jogo oficial do Moto Club)
Maior Goleada Aplicada pelo Moto Club: 13/6/1968 - Campeonato Maranhense - Moto Club 8x1 Maranhão
Maior Goleada Sofrida pelo Moto Club: 30/4/1949 - Campeonato Maranhense - Moto Club 3x8 Maranhão
Jogo com Mais Gols: 7/9/1943 - Campeonato Maranhense - Moto Club 7x6 Maranhão
Último Jogo: 18/3/2017 - Campeonato Maranhense Série A - Maranhão 2x1 Moto Club


Time do Maranhão
Maranhão elegeu uma nova diretoria e houve mudança na comissão técnica da equipe. Meinha assumiu o comando da equipe maqueana. Já perdi até as contas de quantas vezes Meinha foi técnico do MAC. O zagueiro Lucas, os volantes Sandro, Eloir e Curuca, e os atacantes Gilliard e Emerson permaneceram no elenco quadricolor. Meinha não poderá contar com Gilliard, que sentiu um desconforto no muscular nos treinos. Felipe Costa tem uma contusão no adutor e só deve retornar ao time daqui a 12 ou 15 dias. MAC tem o reforço do veterano Válber, que jogou pelo Moto em 2017. Maranhão deve enfrentar o Moto Club com a seguinte formação: Fábio; Lesson, Anderson Alagoano, Lucas e Luís Fernando; Sandro, Curuca, Eloir e Válber; Emerson e Cris.



Time do Moto Club
A direção do clube garantiu o pagamento dos jogadores na sexta-feira (12/1/2018). .Foi pago 50% do acertado. A outra metade deve ser paga antes do jogo contra o Imperatriz. Houve algumas mudanças na equipe motense. O Presidente se reelegeu e o técnico Marcinho Guerreiro foi mantido, mas a grande maioria dos jogadores de 2017 deixou a equipe. Wanderson, Diego Renan e Rafael Santos foram alguns dos jogadores que permaneceram. Rodrigo Ramos e Jefferson Araújo retornaram ao Rubro-Negro Maranhense. Papão do Norte venceu o Santa Quitéria, em amistoso disputado no último domingo (7/1/2018).Moto deve jogar com a seguinte formação:


terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Moto Club contratou 3 jogadores


Moto Club anunciou a contratação de 3 jogadores para reforçar o elenco que está se preparando para o Campeonato Maranhense de 2018. O zagueiro Bruno Lopes, que disputou o Campeonato Estadual pelo Imperatriz no ano passado, o meia Thiago Silva, sem passagem pelo futebol maranhense, e o volante Romério, que jogou pelo Cordino no ano passado, são as novas contratações do Papão do Norte.

Moto Club disputou um amistoso contra o Santa Quitéria no último domingo (7/1/2018), no CT Pereira dos Santos. Moto venceu por 3 a 0 com gols de Lucas Bacelar, André Mensalão e Robinho. Papão do Norte vai disputar seu próximo amistoso no sábado (13/1/2018), às 15h30, no Estádio Nhozinho Santos. Moto encarará o Maranhão no tradicional "Maremoto". Moto estréia no Campeonato Maranhense no dia 20/1/2018, contra o Imperatriz, no Estádio Frei Epifânio D'Abadia.

Bruno Lopes
Nome: Bruno Lopes Feitosa
Posição: zagueiro
Idade: 32 anos (nascido em 4/3/1985)
Naturalidade: Fortaleza (CE)
Pé preferencial: destro
Altura: 1,85 m
Peso: 81 kg
Clubes Anteriores: Imperatriz (2017), River (2014 a 2016), Goianésia (2013), Anápolis (2013), Brasiliense (2012), Noroeste (2011), Ferroviária-SP (2011), América-SP (2010), Canedense (2009), Boa Esporte (2009) e Canedense (2008).


Thiago Silva
Nome: Thiago Araújo da Silva
Posição: meia
Idade: 34 anos (nascido em 22/6/1983)
Naturalidade: São Bernardo (SP)
Pé preferencial: destro
Altura: 1,74 m
Peso: 67 kg
Clubes Anteriores: São Luiz-RS (2017), Operário-PR (2016), Metropolitano (2014 e 2015), Ferroviária-SP (2014), Comercial-SP (2013), Matsumoto Yamaga-JAP (2012), Anápolis (2011), 3 de Febrero-PAR (2010), Paysandu (2009), Caxias-RS (2008) e América-MG (2007).

Romério
Nome: Francisco Romério Feitosa Ribeiro
Posição: volante
Idade: 25 anos (5/9/1992)
Naturalidade: Colinas (MA)
Clubes Anteriores: Bacabal (2017), Cordino (2017), Estanciano (2017), Ferroviário-CE (2016), Estanciano (2016), Serrano-BA (2015), Jacobina (2015), Palmas (2015), Interporto (2013), Mineiros (2013) e Palmas (2012).

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Relatório do Jogo: Copa São Paulo de Futebol Júnior > Luverdense Sub-20 0x3 Moto Club


Moto Club Sub-20 se despediu, hoje (8/1/2018), da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018 com uma vitória de goleada em cima do Luverdense Sub-20. Já eliminado da competição, os jovens atletas do Rubro-Negro Maranhense fizeram uma boa exibição, conquistando os primeiros três pontos na competição e terminando na terceira colocação no Grupo 27 da Fase de Grupos.

O jogo terminou empatado em 0 a 0 no primeiro tempo. Com 18 minutos do segundo tempo, o zagueiro Abu abriu o marcador. Conca aumentou o placar para 2 a 0 onze minutos depois. André Negueba fechou o placar aos 32 minutos da etapa final. Não foi a participação do Moto Club que sonhamos, como foi em 2006, mas o Papãozinho caiu em um grupo complicado com equipes altamente preparadas. Espero que esta experiência tenha valido à pena para a garotada.


Relatório de jogo

Primeira Fase - Grupo 27 - 3. Rodada - segunda-feira, 08/01/2018 - 17:00 - Estádio Joaquim de Morais Filho (Taubaté)
Luverdense - Moto Club   0:3 (0:0)
Luverdense: Thomaz - Lucas (65. Raphael), Kaique, Iago, Gabriel Pierini - Juan, Felipe (85. Vitor Barbosa) - Keslley (46. Leonardo) - Maurício, Mendes (59. Victor), Jhonata (46. Kenneder); Treinador: Vanderlei Lima da Silva
Reservas não utilizados: Gabriel, Michael
Moto Club: Victor - Abu, Patrick (85. Sagath) - Protásio, Gabriel de Jesus, Kaico (85. Diniz) - Igor - Marques, Conca (84. Coquinho), Negueba (84. Matheus Lima), Neto (84. Nael); Treinador: Danilo Brito
Reservas não utilizados: Leo, Luís Gustavo
Gols: 0:1 Abu (63.); 0:2 Conca (74.); 0:3 Negueba (77.)
Árbitros: Aurélio Sant Anna Martins (SP) - Assistentes: Edivaldo Pereira da Silva (SP), Mário Luís Pena de Araújo (SP) 4º Árbitro: Édilar Maria Ferreira (SP)
Cartão Amarelo: Jhonata (21., Mão na Bola), Iago (66., Mão no rosto do adversário) / Patrick (19., Mão na Bola), Igor (57., Mão no rosto do adversário), Protásio (71., Calçar o adversário), Kaico (83., Calçar o adversário)


Classificação

Pré-Jogo: 08/01/2018 > Copa São Paulo de Futebol Júnior > Luverdense Sub-20 x Moto Club Sub-20



Nesta segunda-feira (8/1/2018), às 17h00 (18h00 no horário de Brasília), Moto Club Sub-20 fará sua última partida na Copa São Paulo de Futebol Júnior, enfrentando o Luverdense Sub-20, no Estádio Joaquim de Morais Filho, em Taubaté-SP. Moto Club perdeu os dois jogos anteriores (3 a 0 para o Taubaté e 5 a 0 para o Palmeiras) e ainda não somou nenhum ponto e nem marcou gol. Moto Club e Luverdense estão eliminados da competição e este último jogo será apenas para definir quem fica em terceiro lugar no Grupo 27.

Luverdense também sofreu duas derrotas na competição (3 a 0 para o Palmeiras e 3 a 0 para o Taubaté). Assim como o Moto, Luverdense ainda não somou nenhum ponto e nem marcou gol. Luverdense tem um saldo de gols de -6 e está em terceiro lugar. Moto Club está em quarto lugar no Grupo 27 da Fase de Grupos com um saldo de gols de -8. Palmeiras lidera o Grupo 27 com 6 pontos ganhos e saldo de gols de 8. Taubaté está em segundo lugar com 6 pontos ganhos e saldo de gols de 6. Os dois decidem a primeira colocação do grupo em jogo a ser disputado nesta data (8/1/2018), às 19h00 (20h00 no horário de Brasília).


Arbitragem
Árbitro: Aurélio Sant Anna Martins (SP)
Assistentes: Edivaldo Pereira da Silva (SP) e Mário Luis Pena de Araújo (SP)
4º Árbitro: Édilar Maria Ferreira (SP)


Prováveis Times

Moto Club: Leo; Luís Gustavo, Sagath, Abu e Patrick; Kaico, Protásio e Igor; Conca, Neto e Negueba. Técnico: Danilo Brito.

Luverdense: Gabriel; Lucas, Raphael, Kaíque e Gabriel Pierini; Luís Eduardo, Juan e Keslley; Mendes, Michael e Jhonata. Técnico: Vanderlei Lima da Silva.


Classificação

Amistoso: Moto Club 3x0 Santa Quitéria



Em fase de preparação para o Campeonato Maranhense de 2018, Moto Club realizou seu primeiro amistoso do ano, enfrentando o Santa Quitéria, no CT Pereira dos Santos, às 9h00. Papão do Norte venceu por 3 a 0. Os gols motenses foram marcados por Lucas Bacelar, André Mensalão e Robinho. 200 torcedores compareceram ao CT do Moto Club. O técnico Marcinho Guerreiro escalou a seguinte equipe: Rodrigo Ramos; Diego Renan, Betão, Wanderson e Guilherme; Rafael Santos, Bruno Menezes, André Mensalão e Jailson; Ricardo Maranhão e Lucas Bacelar. Marcinho fez algumas alterações na equipe no decorrer do jogo. O técnico Marquinhos Fumê escalou o Santa Quitéria com Laerte; Tiaguinho, Renato Felix, Leomar e Carneirinho; Clyton, Pelé, Marcelo Maia e Rodrigo Sá; Rogerinho e Toquinho. O próximo amistoso do Moto Club será no próximo sábado (13/1/2018), às 15h30, no Estádio Nhozinho. Moto e Maranhão disputarão o primeiro "Maremoto" de 2018.

sábado, 6 de janeiro de 2018

Relatório do Jogo: Copa São Paulo de Futebol Júnior > Moto Club Sub-20 0x5 Palmeiras Sub-20


Na sexta-feira (5/1/2018), Moto Club Sub-20 sofreu uma goleada por 5 a 0 para o Palmeiras Sub-20, pela 2ª rodada da Fase de Grupos da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Foi o segundo jogo e a segunda derrota do Moto na Copinha. A equipe rubro-negra sofreu 8 gols e não marcou nenhum. Até o momento, a equipe sub-20 do Moto Club está se apresentando muito mal na Copa São Paulo de Futebol Júnior.
O Palmeiras controlou o jogo e foi melhor durante todo o primeiro tempo. O Verdão abriu o placar aos 24 minutos, em falha da defesa após cruzamento. Fernando, que já estreou pela equipe profissional no ano passado, bateu no canto direito do goleiro. O Moto Club assustou aos 35, mas parou em boa defesa de Anderson. A derrota parcial por 1 a 0 saiu barata na primeira etapa.
No segundo tempo, Palmeiras veio disposto a aumentar a vantagem. A equipe paulista pressionou a equipe motense e construiu rapidamente a goleada. Logo aos três minutos, Fernando recebeu belo passe de Mailton na área e marcou o segundo dele na partida. Em seguida, aos sete, José Aldo pegou rebote e bateu bonito de primeira para fazer o terceiro. Johnny, aos 13, anotou o quarto. Para fechar, Alanzinho, aos 36, acertou um belo chute de fora da área e fechou o placar.
Palmeiras garantiu a classificação para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior com essa vitória em cima do Moto Club. Palmeiras está em primeiro empatado em pontos com Taubaté, mas leva vantagem no saldo de gols. Palmeiras enfrenta o Taubaté na última rodada do Grupo 27, decidindo quem ficará em primeiro no grupo. Com esta derrota, Moto Club está eliminado da competição e jogará sua última na partida na próxima segunda-feira (8/1/2018), às 17h00, contra o Luverdense, para decidir quem fica em terceiro lugar no Grupo 27. Quero também destacar o apoio dos torcedores do Palmeiras em ajudar o filho do atleta rubro-negro, Igor.



Relatório do Jogo

Primeira Fase - Grupo 27 - 2. Rodada - sexta-feira, 05/01/2018 - 20:30 - Estádio Joaquim de Morais Filho (Taubaté)
Moto Club - Palmeiras   0:5 (0:1)
Moto Club: Leo - Luís Gustavo, Sagath (64. Marques), Abu, Junior (86. Patrick) - Protásio (64. Mauro Sérgio), Kaico (73. Diniz) - Igor - Conca (73. Coquinho), Negueba, Neto; Treinador: Danilo Brito
Reservas não utilizados: Victor, Matheus Lima
Palmeiras: Anderson - Mailton, Iago, Vitão (74. Adryelson), Matheus Bahia (46. Luan) - Matheus Neris (66. Alanzinho), José Aldo - Johnny (66. Leonardo) - Yan (76. Aníbal), Léo Passos, Fernando (66. Stuart); Treinador: Wesley Carvalho
Reservas não utilizados: Wagner
Gols: 0:1 Fernando (gol de dentro da área (pé direito), 24. / Yan); 0:2 Fernando (gol de dentro da área (pé direito), 48. / Mailton); 0:3 José Aldo (gol de dentro da área (pé direito), 52.); 0:4 Johnny (gol de dentro da área (pé esquerdo), 58. / Yan); 0:5 Alanzinho (gol de fora da área (pé esquerdo), 81. / José Aldo)
Árbitros: Rodrigo Gomes Paes Domingues (SP) - Assistentes: Orlando Coelho Junior (SP), Leandra Aires Cossette (SP) 4º Árbitro: Anderson Aparecido Gomes (SP)
Cartão Amarelo: Neto (38., Calçar o adversário), Negueba (50., Calçar o adversário), Marques (66., Calçar o adversário) / Vitão (27., Calçar o adversário), José Aldo (37., Atingir o adversário com a mão), Fernando (54., Trancar o adversário)



Classificação