domingo, 31 de julho de 2016

Moto venceu Águia de Marabá por 1 a 0


Moto Club dominou o jogo. Abriu o marcador com um gol contra do atacante do Águia de Marabá. Logo depois, o zagueiro do time paraense foi expulso e o Moto jogou com um jogador a mais durante 17 minutos do primeiro tempo e todo o segundo tempo. Papão do Norte não soube aproveitar a vantagem e fazer um placar largo. Alguns torcedores do Moto chegaram a vaiar o time apesar da vitória. O Rubro-Negro Maranhense vai ter a vantagem do empate no jogo de volta, em Marabá. Se perder por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Se o Moto perder por qualquer outra diferença de um gol, se classifica para as Oitavas de Final. O próximo jogo será no dia 7/8/2016, às 16 horas, no Estádio Zinho de Oliveira.

Relatório de jogo

Fase Eliminatória - Segunda Fase (Jogos de Ida) - domingo, 31/07/2016 - 16:00 - Castelão (São Luís)
Moto Club - Águia de Marabá   1:0 (1:0)
Moto Club: Márcio Arantes - Luís Fernando (72. Kléo), Fred, Wanderson - Felipe Dias, Curuca - Diego Renan, Marco Goiano (72. Igor), Chico Bala - Müller Brenner, Cris (45. Paulo Victor); Treinador: Ruy Santos Scarpino
Reservas não utilizados: Raphael Barrios, Nalberth, Patrick, Jefferson Sandes, Batata, Arlei, Baggio, André Garcez
Águia de Marabá: Bruno Colaço - Léo Rosa, Marquinhos, Bernardo, Edinaldo - Mael, Alexandre (46. Charles) - Esdras, Flamel (75. Tiago) - Valdanes, Danillo Galvão (46. Marconi); Treinador: João Galvão
Reservas não utilizados: Marcelo, Leandrinho, Wando, Marquinho Pinheiro
Gols: 1:0 Danillo Galvão (Gol contra, gol de cabeça, 18.)
Cartão Amarelo: Müller Brenner (27., Simulação), Marco Goiano (56., Reclamação) / Mael (37., Falta), Edinaldo (45., Reclamação)
Cartão Vermelho: Igor (90., Falta Violenta) / Bernardo (28., Linguagem Ofensiva )
Espectadores: 7.146
Árbitro: Luís Cesar de Oliveira Magalhães (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Arnaldo Rodrigues de Sousa (CE)
4° Árbitro: José Henrique de Azevedo Júnior (MA)

Pré-Jogo: 31/07/2016 > Série D > Moto Club x Águia de Marabá


Retrospecto

A Segunda Fase da Série D do Campeonato Brasileiro de 2016 começou no final de semana passado e já temos alguns classificados para a Terceira Fase como Ceilândia, São Bento, Inter de Lajes e Ituano. Hoje, às 16 horas, no Estádio Castelão, Moto Club enfrentará Águia de Marabá, pelo jogo de ida da Segunda Fase. Será o terceiro confronto entre o Papão do Norte e o time paraense na Série D deste ano. Nos confrontos anteriores, Moto venceu em casa por 2 a 0 e empatou fora de 1 a 1. Moto está invicto na competição. Águia de Marabá sofreu apenas uma derrota, justamente para o Rubro-Negro Maranhense. Águia de Marabá terminou em primeiro lugar no Grupo A4 e Moto Club terminou em segundo.

Arbitragem

O trio de arbitragem é cearense, comandado pelo árbitro Luiz César de Oliveira Magalhães, que vai ser auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira e Arnaldo Rodrigues de Souza. O quarto árbitro será o maranhense José Henrique de Azevedo Júnior. Será o segundo jogo da Série D que Luiz César Magalhães apitará esse ano.

Time do Águia

O técnico João Galvão não terá nenhum desfalque para o jogo contra o Moto. A equipe deve jogar no sistema 3-5-2: Bruno Colaço; Bernardo, Charles e Marquinhos; Léo Rosa, Mael, Esdras, Flamel e Edinaldo; Wando e Danillo Galvão.

Time do Moto
Moto tem alguns desfalques para esse jogo. O volante Dudu e o atacante Gabriel estão contundidos. Foram relacionados 22 jogadores:
Goleiros: Márico Arantes e Raphael Barrios
Laterais: Diego Renan, Chico Bala e Jefferson Sandes
Zagueiros: Fred, Wanderson, Luís Fernando, Patrick e Nalberth
Volantes: Felipe Dias, Batata, Curuca e Uarlei
Meias: Kléo, Marco Goiano, Igor, Baggio e Paulo Victor
Atacantes: Müller Brenner, Cris e André Garcez
Ruy Scarpino deve escalar o time no esquema 3-5-2:


domingo, 17 de julho de 2016

Moto goleou e avançou para a 2ª Fase da Série D


Primeira Fase - Grupo A4 - 6. Rodada - domingo, 17/07/2016 - 18:00
Moto Club - Santos (AP)   4:0 (2:0)
Moto Club: Márcio Arantes - Diego Renan, Luís Fernando (69. Dudu), Wanderson, Fred, Chico Bala - Felipe Dias, Marco Goiano (57. Paulo Victor), Kléo - Gabriel (41. Cris), Müller Brenner; Treinador: Ruy Santos Scarpino
Reservas não utilizados: Raphael Barrios, Dedé, Patrick, Jefferson Sandes, Batata, André, Igor, Arlei
Santos (AP): Zé Maria - Darlan, Oziel, Renan (68. Michel), Jeferson, Lucas Batista - Lessandro - Denilson (76. Cristopher) - Caio (46. Bruno), Armando Maranhão - Rafinha; Treinador: Edvan Romarinho
Reservas não utilizados: Fabrício, Fernando, Alecsander, Souza
Gols: 1:0 Felipe Dias (gol de cabeça, 5. / Marco Goiano); 2:0 Marco Goiano (dentro da área (pe), 17.); 3:0 Cris (fora da área (pd), 54.); 4:0 Müller Brenner (gol de cabeça, 65. / Kléo)
Cartão Amarelo: Marco Goiano (31., Falta Tática), Müller Brenner (63., Conduta Anti-Desportiva) / Lessandro (86., Falta)

Moto classificou-se em segundo lugar no Grupo A4 e enfrentará Águia de Marabá na 2ª Fase da Série D. O jogo de ida será em São Luís. O jogo de volta será em Marabá.


sábado, 16 de julho de 2016

Pré-Jogo > 17/07/2016 > Série D > Moto Club x Santos-AP


Neste domingo (17/07/2016), às 18:00 horas, Moto Club enfrentará Santos do Ampá pela 6ª rodada da 1ª Fase da Série D. Em Macapá, um mês atrás, os dois times empataram em 0 a 0. Moto Club ainda tem chance de classificação se vencer o jogo. Já o Santos-AP está eliminado da competição.

Histórico do Confronto
Este será o segundo confronto entre o campeão maranhense e o campeão amapaense. Como já dito acima, o primeiro confronto foi no dia 12/06/2016, em Macapá, e terminou 0 a 0.

Situação dos time na Série D 2016
Santos (AP) ainda não venceu após 5 jogos disputados. Foram 2 empates e 3 derrotas. Está eliminado da competição.
Moto Club está invicto com 1 vitória e 4 derrotas. Em terceiro lugar, depende de uma vitória nesse confronto para avançar para a próxima fase.






Arbitragem
O árbitro da partida será o cearense Avelar Rodrigo da Silva, auxiliado pelos cearenses Marcione Mardonio da Silva Ribeiro e Renan Aguiar da Costa. O quarto árbitro será o maranhense Mayron Frederico dos Reis Novais.

Time do Moto Club
Ruy Scarpino deve fazer uma série de alterações no time. O zagueiro Luís Fernando, que estava suspenso, deve entrar no time. Deve ser adotado o esquema tático 3-5-2. Os volantes Batata e Dudu devem ser sacados do time. Provável time:

sexta-feira, 15 de julho de 2016

O time de basquete do Moto está disputando a Copa Jorge Barbosa


A Copa Jorge Barbosa de Basquetebol Adulto Masculino, competição organizada pela Federação Maranhense de Basquetebol tem 14 participantes divididos em 3 chaves. Moto Club lidera a Chave B, que tem ainda AABB, Island Heat, Turma e Grêmio 8 de Maio. Na Chave A, estão MAC/Jovens Maranhenses, Olho D'Água, Basqueteranos, Bequimão e AJC. A Chave C é composta por Estilo, Csada, ABS e Turquesa. Todos os jogos estão sendo disputados no Ginásio Paulo Leite. Moto já disputou 2 jogos e venceu ambos:

5/7/2016 -  21:00 - Moto Club 101x39 AABB
13/07/2016 - 21:00 - Grêmio 8 de Maio 48x82 Moto Club

Próximos jogos do Moto:

19/07/2016 - 19:30 - Moto Club x Island Heat
21/07/2016 - 21:00 - Moto Club x Turma

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Estatísticas do Moto (até a 5ª Rodada da Série D)



No próximo domingo, será disputada a 6ª e última rodada da 1ª Fase da Série D 2016. Vamos ver os números do Moto Club até a 5ª rodada. Moto Club está invicto na competição com 4 empates, mas venceu apenas 1 jogo. O Papão do Norte somou 7 pontos ganhos (aproveitamento de 46,7 %). Moto começou em segundo lugar no Grupo A4. Na 2ª rodada, assumiu a liderança e ficou em segundo na 3ª e 4ª rodadas. Na 5ª rodada, caiu para o terceiro lugar. Está em 38° lugar na classificação geral. 
Foram apenas 4 gols marcados (média de 0,8 gol por jogo). Um gol foi marcado de cabeça e 3 gols marcados com o pé direito. Dois gols foram marcados de dentro da área e os outros dois foram marcados de fora da área. Dois gols foram marcados por atacantes e os outros dois por defensores. A defesa rubro-negra sofreu apenas 2 gols (média de 0,4 gol por jogo). É uma das melhores defesas da competição. Não houve nenhum pênalti marcado à favor do Moto Club. Por outro lado, foram 2 pênaltis marcados contra o Moto e todos convertidos.
Em termos de público nos jogos em São Luís, Moto Club tem uma média de 3.852 de público pagante por jogo (4ª melhor da Série D). No total das duas partidas, o público pagante foi de 7.705 (uso do campo de 9.6 %). O recorde foi no jogo contra o Tocantinópolis: 4.503. Em relação aos jogos de fora, o público pagante total foi 687 (média de 229 pagantes por jogo).
Em termos disciplinares, Foram 5 cartões amarelos e 2 cartões vermelhos. Quatro jogadores marcaram os gols do Moto: Diego Renan, Fred, Gabriel e Müller Brenner. O goleiro Márcio Arantes, o lateral direito Diego Renan, os zagueiros Fred e Wanderson, o lateral esquerdo Chico Bala e o volante Felipe Dias foram os jogadores que disputaram todas as partidas do Papão do Norte.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Relatório do Jogo: 10/7/2016 > Série D > Águia de Marabá 1x1 Moto Club




Mais uma vez, o goleiro Márcio Arantes foi o grande jogador do Moto Club, segurando o empate em Marabá. O jogo começou com as duas equipes se revezando no ataque, mas nenhuma lance claro de gol. A defesa do Moto se postava bem em campo, marcando as jogadas pelas laterais. Aos 17 minutos, o zagueiro Fred derrubou Flamel dentro da grande área. Flamel cobrou o pênalti, chutando no meio do gol e abrindo o marcador. A equipe motense foi para o ataque, mas como vem sendo comum na Série D, tem pecado muito em finalizar as jogadas. Aos 30 minutos, o árbitro paralisou o jogo devido ao forte calor para hidratação dos jogadores. Papão do Norte continuou no ataque em busca do gol do empate. Aos 39 minutos, o atacante Müller Brenner aproveitou falha da zaga paraense, invadiu a área e chutou, marcando o gol do empate em sua primeira partida pelo Moto Club. No final da primeira etapa, Márcio Arantes fez grandes defesas, mantendo o jogo empatado.
No segundo tempo, voltou com mais empenho ofensivo, mas foi o Águia de Marabá que quase marcou o gol. Flamel ficou cara a cara com o goleiro Márcio Arantes e este salvou o chute com os pés. O time paraense continuou pressionando e Márcio Arantes foi uma verdadeira muralha. Kléo entrou no segundo tempo e quase fez o gol de falta. A bola passou raspando a trave. O técnico do Águia de Marabá também fez alterações na equipe, tornando a equipe mais ofensiva. Aos 30 minutos da segunda etapa, houve nova parada para hidratação. Moto ainda teve algumas oportunidades para sair com a vitória, jogando no contra-ataque, mas não obteve sucesso nas jogadas.
Pelo fato de jogar fora de casa e manter as chances de classificação para a próxima fase, o empate não foi um resultado ruim para o Papão do Norte. Moto Club caiu para o terceiro lugar com um ponto atrás do Tocantinópolis (líder pelo critério de saldo de gols: +2) e Águia de Marabá (saldo: 0). Fazendo as contas, uma vitória no próximo domingo, às 18 horas (Hora de Brasília), contra Santos-AP, no Estádio Castelão, classificará o Rubro-Negro Maranhense para a Segunda Fase. Se vencer, Moto Club terminará em primeiro lugar se houver empate entre Tocantinópolis e Águia de Marabá ou em segundo lugar se houver vencedor nessa partida. Em entrevista após o jogo, o técnico Ruy Scarpino demonstrou seu descontentamento com a equipe, afirmando que foi um dos piores jogos do Moto e o time entrou apático na partida. Ele reclamou que os jogadores deram muitos chutões e do baixo rendimento de alguns jogadores. A equipe precisa botar a bola no chão para criar mais oportunidades de gol.

Relatório de jogo

Primeira Fase - Grupo A4 - 5. Rodada - domingo, 10/07/2016 - 16:00 - Zinho de Oliveira
Águia de Marabá - Moto Club   1:1 (1:1)
Águia de Marabá: Bruno Colaço - Léo Rosa, Marquinhos, Bernardo, Edinaldo - Esdras, Mael - Eric (73. Wando), Flamel (86. Alexandre) - Valdanes, Danillo Galvão (73. Joãozinho); Treinador: João Galvão
Reservas não utilizados: Marcelo, Charles, Marconi, Leandrinho, Roberth
Moto Club: Márcio Arantes - Diego Renan, Wanderson, Fred, Chico Bala - Batata (28. Cris), Dudu - Felipe Dias, Marco Goiano (58. Kléo) - Gabriel (75. Jefferson Sandes), Müller Brenner; Treinador: Ruy Santos Scarpino
Reservas não utilizados: Raphael Barrios, Patrick, Arlei, André, Igor
Gols: 1:0 Flamel (Penalidade Máxima (falta), 18.); 1:1 Müller Brenner (dentro da área (pd), 39.)
Árbitros: Antonio Rogério Batista Prado (SP) - Assistentes: Vitor Carmona Metestaine (SP), Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) 4° Árbitro: Djonaltan Costa de Araujo (PA)
Cartão Amarelo: Esdras (82., Falta), Bernardo (90., Falta), Edinaldo (90+1., Falta) / Fred (17., Falta)

Classificação




segunda-feira, 4 de julho de 2016

Relatório do Jogo: 03/07/2016 > Série D > Tocantinópolis 1x1 Moto Club


Não foi o resultado ideal para o Papão do Norte, mas no final das contas, até que não foi ruim. Com boa presença de torcedores do Moto Club no Estádio Ribeirão, o Rubro-Negro Maranhense arrancou um empate no último minuto em Tocantinópolis.
Com apenas 4 minutos do primeiro tempo, o árbitro marcou pênalti duvidoso a favor do Tocantinópolis. Tety foi derrubado dentro da grande área e ele mesmo cobrou a penalidade máxima com paradinha e tudo. O goleiro Márcio Arantes defendeu o pênalti. A comissão técnica do Moto ficou revoltada com a marcação do árbitro e o treinador de goleiros foi expulso, após reclamar acintosamente. TEC continuou levando perigo à meta motense e o goleiro Márcio Arantes teve que fazer várias defesas. A partir dos 15 minutos, o ataque do Moto resolveu acordar e criou algumas chances de gol com Rodrigo Dantas e Marco Goiano, mas a pontaria não estava boa. O jogo foi paralisado aos 25 minutos para os jogadores se recuperarem do forte calor em Tocantins. Nos minutos finais da primeira etapa, Márcio Arantes novamente salvou o Moto e o time tocantinense desperdiçou várias oportunidades de gol.
No segundo tempo, o jogo começou morno e as equipes mais se defendendo do que atacando. O técnico resolveu fazer logo três substituições para tentar mudar o panorama da partida. O forte calor e o cansaço contribuiu para que o jogo ficasse menos agradável. Aos 36 minutos da segunda etapa, um lance polêmico, Moto abriu o marcador com Gabriel, mas o assistente levantou a bandeirinha e o árbitro anulou o gol. A comissão técnica ficou revoltada com a anulação do gol. A torcida motense presente no estádio também ficou muito revoltada. Foi uma marcação muito duvidosa do árbitro, pois Gabriel não estava impedido. Dois minutos depois, Ercílio foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Igor ficou revoltado com a marcação e foi expulso. Batata bateu dessa vez e marcou o gol. Foi o primeiro gol sofrido pelo Moto Club na Série D. Aos 45 minutos, Diego Renan chutou de fora da área e empatou o jogo na bacia das almas.
O Moto está devendo ofensivamente. Rodrigo Dantas ainda não balançou as redes. Cris entrou no jogo e não foi bem. Müller Brenner ainda não estreou. Márcio Arantes tem sido o grande destaque da equipe, mas precisa melhorar no ataque para conquistar a classificação para a próxima a fase. No próximo domingo (10/07/2016), às 16 horas, Moto Club vai ter um jogo decisivo contra o líder, Águia de Marabá. Vai ser um jogo difícil no Estádio Zinho de Oliveira, em Marabá. Moto tem um ponto a menos que a equipe paraense e poderá conquistar a liderança se vencer o Águia de Marabá.

Relatório de jogo

Primeira Fase - Grupo A4 - 4. Rodada - domingo, 03/07/2016 - 16:00 - Ribeirão (Tocantinópolis)
Tocantinópolis - Moto Club   1:1 (0:0)
Tocantinópolis: Gustavo Recife - Guilherme, Gaúcho, Alisson (72. Jackson), Júnior - Dutra, Pedro Panca - Carlinhos (64. Renato), Gama (80. Ercílio) - Batata, Tety; Treinador: Valdemir Pereira da Costa
Reservas não utilizados: Chadwick, Ricardo Feltre, Ismael, Silas, Kewton Silva, Bruno, Ueslei
Moto Club: Márcio Arantes - Diego Renan, Wanderson, Fred, Jefferson Sandes (62. Arlei), Chico Bala - Batata - Felipe Dias, Marco Goiano (56. Igor) - Gabriel, Rodrigo Dantas (60. Cris); Treinador: Ruy Santos Scarpino
Reservas não utilizados: Raphael Barrios, Patrick, Pedro, André, Müller Brenner
Gols: 1:0 Batata (Penalidade Máxima (falta), 84.); 1:1 Diego Renan (fora da área (pd), 90.)
Árbitros: Roberto Giovanny Oliveira Silva (GO) - Assistentes: Natal da Silva Ramos Junior (TO), Fernando Gomes da Silva (TO) 4° Árbitro: Janio Pires Gonçalves (TO)
Cartão Amarelo: Gama (71., Falta Tática) / -
Cartão Vermelho: - / Igor (82., Reclamação)

Classificação do Grupo A4




sábado, 2 de julho de 2016

Pré-Jogo: 03/07/2016 > Série D > Tocantinópolis x Moto Club



Neste domigo (03/07/2016), às 16 horas, no Estádio Ribeirão, Moto Club enfrentará Tocantinópolis novamente, só que dessa vez fora de casa. Moto Club está um ponto atrás do líder, Águia de Marabá, e um ponto na frente do Tocantinópolis. Moto precisa buscar a vitória para voltar à liderança do Grupo A4. Um empate pode não ser o bom resultado se o Águia de Marabá vencer o Santos do Amapá. Hoje (02/07/2016), saberemos o resultado do jogo entre Águia de Marabá e Santos-AP.

Histórico de Confrontos entre Moto e Tocantinópolis

Moto e Tocantinópolis já se enfrentaram três vezes. Foram dois jogos na Série C de 2005. Moto venceu os dois jogos por 2 a 1. No último final de semana, Papão do Norte enfrentou o TEC pela primeira vez na Série D e o jogo terminou empatado em 0 a 0.

Classificação do Grupo A4 da Série D












Arbitragem

O árbitro do jogo será o goiano Roberto Giovany Oliveira Silva. Ele tem 38 anos de idade e apitará seu primeiro jogo da Série D este ano. Ele já apitou 4 jogos da Série B e 3 jogos da Copa do Brasil em 2016. Os assistentes serão os tocantinenses Natal da Silva Ramos Junior e Fernando Gomes da Silva. O quarto árbitro será o tocantinense Janio  Pires Gonçalves.

Time do Moto

Um dos desfalques do Moto será o volante Dudu, que foi expulso no último e jogo e cumprirá suspensão. Outro desfalque será do meio-campista Curuca, que está contundido. Ruy Scarpino deverá escalar o volante Batata no lugar de Dudu. A surpresa será a escalação do lateral esquerdo Jefferson Sandes no lugar  de Curuca. Ruy Scarpino resolveu optar pelo Jefferson porque ele é um jogador polivalente, que tanto pode pode jogar na lateral, como volante e como meia.
O meio-campista Marco Goiano, que entrou no segundo tempo na última partida, deverá ser escalado como titular. O volante Arlei e o atacante Müller Brenner, que foram regularizado esta semana devem ficar no banco de reservas, juntamente com o goleiro Raphael Barrios, o zagueiro Patrick e os jovens meio-campistas Pedro e André.
Provável Time: